Cuca valoriza triunfo sobre a Ponte Preta: "Vencer aqui é muito difícil"
Cuca aprovou o empenho que a equipe mostrou (Foto: Fabio Menotti/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Na tarde desse domingo (25), o Palmeiras enfrentou a Ponte Preta no Moisés Lucarelli e venceu por 2 a 1, com os dois gols do time visitante marcados pelo venezuelano Guerra. O jogo, válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, marcou a terceira vitória seguida do Verdão, resultado que leva o time para a zona de classificação para a Libertadores, com 16 pontos.

Após a partida, o técnico Cuca concedeu coletiva e falou sobre a importância do triunfo fora de casa, visto que a Macaca estava invicta na competição jogando em seus domínios: "Vencer aqui em Campinas é muito difícil, a Ponte estava com aproveitamento de 100%. Eles têm força na arquibancada, sabem jogar, e se você não fizer um jogo competitivo não sai com um resultado bom, e foi isso que nós fizemos".

O comandante do Palmeiras falou também sobre as mudanças no time para o jogo, com algumas peças diferentes das que participaram dos últimos jogos: "Fizemos gols bonitos, em trocas de passes envolventes, principalmente o segundo. E isso com jogadores que a gente tem confiança, que mesmo entrando pouco nos jogos têm cobrança grande por parte de todos nós. Hoje puderam ajudar, mesmo com tantas ausências que tivemos - quase todas por necessidade, pois não tinham condição de jogo".

Cuca elogiou o meia venezuelano Guerra, que fez ótima partida e marcou os gols da vitória, mas levou o terceiro amarelo e não participa da próxima partida pelo Campeonato Brasileiro: "Era um jogo difícil para o Guerra, foi muito bem marcado. Ele já jogou mais de 25 partidas neste ano e temos que tomar cuidado para não perdê-lo. Foi suspenso para o próximo jogo e vai ficar fora se recuperando para a Libertadores".

Uma novidade no time do Verdão foi a escalação do volante Gabriel Furtado, da base. O técnico disse que gostou de ter escalado o jogador, principalmente por ser fruto do próprio Palmeiras: "A gente fica feliz em recorrer à base. Ele participou diretamente do segundo gol. O atleta tem uma ansiedade muito grande, é o primeiro jogo, primeira concentração dele, foi até titular. (...) Ele e toda a base estão de parabéns por essa preparação".

Cuca opinou sobre a arbitragem, que foi alvo de críticas da torcida de ambos os times. Com três expulsos, sendo dois da Ponte Preta e um do Palmeiras, o comandante palestrino disse que as decisões do juiz não interferiram no resultado final da partida: "Acho que não teve lance capital, nada que influenciou o jogo. Não teve pênalti não dado nem gol mal anulado. Foi um jogo disputado, pode haver equívoco para um lado e para outro".

O Palmeiras sai da décima rodada do Campeonato Brasileiro no G-6, e volta a campo na próxima quarta-feira (28) às 21h45, quando enfrentará o Cruzeiro no Allianz Parque, no primeiro jogo das quartas de final da Copa do Brasil

VAVEL Logo