Após quinta lesão no ano, Montillo pede e tem contrato rescindido pelo Botafogo
Vitor Silva/SS Press/Botafogo

Grande contratação para 2017, o meio campo argentino Walter Montillo, de 33 anos, decidiu na tarde dessa quarta( 28), após uma reunião com a diretoria, que irá rescindir o seu contrato com o Botafogo após um novo problema na sua panturrilha, a quinta lesão desde que assinou com o clube carioca.

Sendo perseguido por inúmeras lesões desde que chegou ao Glorioso, o jogador ficou chateado e frustrado com a última delas, que aconteceu no jogo contra o Avaí pelo Campeonato Brasileiro na segunda(26), que o tirou da partida com menos de dez minutos do primeiro tempo. 

Vindo do Shandong Luneng, da China, Montillo era a grande esperança do presidente Carlos Eduardo Pereira e do diretor Antônio Lopes de ser o nome que guiaria a equipe para grandes campanhas em todas as competições do ano. A paciência com o jogador era grande, já que o ritmo do país que ele estava era bem diferente do apresentado no Brasil. 

Sendo o maior investimento da equipe, o meia ganhava R$ 400 mil reais por mês e há algumas semanas manifestou o desejo de devolver o salário do tempo em que ficou parado no departamento médico. A diretoria, obviamente, foi contra isso e contava com a recuperação do atleta, que tinha contrato até dezembro desse ano.

Apesar de ser contra a vontade dos atletas, da comissão técnica e da maioria dos torcedores, o argentino tomou essa decisão por estar frustrado consigo mesmo e por estar cansado da cobrança excessiva de alguns torcedores em suas redes sociais chamando-o de "ladrão". Mesmo com todo o cuidado do departamento médico, o jogador não conseguiu escapar dos problemas musculares e por se sentir em dívida com o clube, tomou a decisão de rescindir o contrato. 

Ao todo, foram 18 jogos e um gol marcado com a camisa do Botafogo, que aconteceu na primeira partida da temporada, em um amistoso contra o Rio Branco, do Acre. 

VAVEL Logo