Grêmio massacra Atlético-PR e encaminha vaga às semifinais da Copa do Brasil
(Foto: Divulgação/Grêmio)

Na noite desta quarta-feira Grêmio e Atlético-PR fizeram na Arena, em Porto Alegre, o jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O Grêmio não tomou conhecimento de seu adversário e venceu a partida com facilidade, conseguindo uma bela vantagem para o jogo de volta. Com um futebol envolvente e de muita troca de passes, o tricolor derrotou o furacão por 4 a 0.

Os gols da equipe gaúcha foram marcados por Lucas Barrios duas vezes, Kannemann e Everton. Com o belo resultado, o time gremista poderá perder por uma vantagem de até três gols. O jogo da volta ocorre apenas no dia 27 de julho as 21h45, na Arena da baixada em Curitiba.

Domínio gremista, com muita intensidade e três gols em 10 minutos

O Grêmio foi com tudo para cima do Atlético. Logo aos 9 minutos de partida, criou uma boa oportunidade para abrir o placar. Em cobrança de escanteio feita por Luan, Pedro Geromel subiu mais alto que a marcação e cabeceou rente à trave. Pouco depois, aos 11 minutos, após dominar a bola na entrada da área Luan chutou forte no cantou e em grande defesa, Weverton espalmou para escanteio.

Tentando explorar os contra-ataques, o Atlético-PR teve uma ótima chance para sair na frente. Aos 18 minutos de partida, o árbitro marcou falta em dois lances dentro da área, após o goleiro gremista pegar nas mãos a bola recuada por Pedro Geromel. Pablo ajeito e Nikão soltou a bomba, que explodiu em Ramiro, que se atirou na frente do chute.

Aos 22 minutos, o Grêmio conseguiu furar o ferrolho atleticano e abrir o placar. Após bela jogada de Pedro Rocha, Lucas Barrios recebeu o passe, girou e soltou uma bomba, sem chances de defesa para o goleiro do furacão. Mesmo após o gol, o tricolor continuou pressionando, e com 29 minutos, Pedro Rocha tabelou com Lucas Barrios e chutou na marcação, no rebote estava o centroavante, que com o gol aberto, chutou forte e marcou o seu segundo gol na partida. Sem deixar o Atlético respirar, os gaúchos continuaram pressionando e já aos 32 minutos de partida, o zagueiro Kannemann subiu mais alto que Nikão após cobrança de escanteio de Luan e anotou o terceiro gol para a equipe gaúcha.

No finalzinho do primeiro tempo, Pablo driblou Geromel, tenta por cobertura mas pega fraco na bola. Marcelo Grohe, já caído, fez a defesa.

Atlético tenta descontar, mas não cria e Grêmio marca mais um

O segundo tempo começou diferente do primeiro. Em desvantagem no placar, o técnico Eduardo Baptista, mudou o time, e colocou Lucho Gonzalez no lugar de Matheus Rosseto. O furacão tentou atacar o tricolor, até consegui ter mais posse de bola no começo, mas não conseguiu levar perigo para Marcelo Grohe.

Mesmo com a maior posse de bola sendo dos paranaenses, a primeira finalização do segundo tempo foi do Grêmio. Aos 13 minutos Pedro Rocha cruzou rasteiro e Lucas Barrios finalizou de primeira, a bola desviou na marcação e Weverton fez a defesa. Apenas aos 14 minutos, em chute de fora da área de Nikão, Grohe segurou firme e fez sua primeira defesa no segundo tempo. Incomodado com o resultado, o técnico atleticano, Eduardo Baptista, colocou o meia Carlos Alberto no lugar do volante Deivid, buscando uma maior força ofensiva. Mas aos 18 minutos, Nikão fez falta forte em Cortez, recebeu o seu segundo cartão amarelo e foi expulso.

Com um jogador a mais, o tricolor gaúcho foi com tudo para cima. Aos 25 minutos, Ramiro recebeu belo passe de Pedro Rocha e chutou rasteiro, acertando a trave. Com total domínio do jogo, o Grêmio seguiu buscando o quarto gol, Fernandinho após bela jogada individual, chutou por cima do gol atleticano.

Em mais uma boa jogada, Fernandinho deixou Everton na cara de Weverton, o atacante chutou forte de perna esquerda e fechou a conta com o quarto gol, aos 41 minutos. No finalzinho do jogo, o Grêmio ainda teve a oportunidade do quinto, após linda troca de passes, Edilson soltou uma bomba e obrigou Weverton a fazer grande defesa. Daí em diante o tricolor trocou passe, com a torcida gritando olé, até o final da partida.

VAVEL Logo