América-MG aproveita chances e bate Brasil de Pelotas para entrar no G-4 da Série B
Foto: Jonathan Silva / G.E. Brasil

O América-MG recebeu o Brasil de Pelotas e aprontou uma bela vitória no estádio Independência. Sem tomar conhecimento do adversário, o Coelho abriu o placar no primeiro tempo, ampliou e fechou o marcador no segundo para o score de 3 a 0. Renan Oliveira, Pará e Bill foram os autores dos tentos do América.

Com a vitória em casa, a terceira seguida no torneio nacional, o América Mineiro está dentro do G-4, assumindo a terceira colocação na tabela. Tem 19 pontos e ultrapassou ao Vila Nova e ao Internacional. O Xavante pelotense, por outro lado, despenca ao 14º lugar, com 14 pontos, mais próximo do Z-4 com a segunda derrota consecutiva.

Foi um jogo de domínio do América. O primeiro gol da partida veio em cobrança de escanteio da direita, Pará cruzou, a zaga do Brasil se atrapalhou juntamente com o goleiro Eduardo Martini e a bola foi parar no fundo das redes graças a Renan Oliveira: 1 a 0. Aos 44 minutos, a chance da ampliação veio em passe certeiro para Luan, o ex-palmeirense ingressou na área, mas chutou para Martini colocar para escanteio.

O que era um jogo parelho tornou-se partida favorável aos mandantes, apesar do pouco público presente na Arena Independência. No início da etapa complementar, uma falta para o América frontal à meta. Com muita categoria, Pará, o homem da bola parada, chutou de esquerda e colocou no canto de Martini, no ângulo, para ampliar em 2 a 0.

O atacante Bill e o zagueiro Evaldo se estranharam durante o jogo. Os dois tinham cartão amarelo e Evaldo acertou mais uma agressão no adversário. Cartão vermelho para o ex-defensor do Grêmio Porto Alegrense, que havia escapado da punição severa anteriormente. Apesar das reclamações, o Xavante ficou com um a menos passada a marca dos 30 minutos do segundo tempo.

O Brasil, entretanto, sem esboçar reações ofensivas antes disso, escapou de levar o terceiro em alguns lances. Em um deles, aos 39 minutos, Bill recebeu cruzamento preciso, cabeceou, a bola tocou o travessão e correu para quicar sobre a linha. O árbitro conferiu com o assistente e mandou seguir o jogo, alegando que não entrou.

O veloz Mateuzinho ainda recebia uma bola em velocidade, mas foi flagrado em impedimento em lance difícil em que saíria de frente ao crime. Para terminar a noite, o gol de Bill na marca de 45 minutos do segundo tempo. Sozinho, sem o acompanhamento do zagueiro remanescente Leandro Camilo, Bill apenas empurrou para o fundo das redes para definir o 3 a 0.

O América ganha confiança, mantém série invicta e afunda o Xavante, agora mais próximo da zona de rebaixamento. O campeonato da Série B segue muito equilibrado.

VAVEL Logo