Avaí empata sem gols com Ponte Preta e segue na zona do rebaixamento
Foto: Jamira Furlani|Avaí FC

O Avaí empatou por 0 a 0 com a Ponte Preta, na noite deste domingo (2), na Ressacada, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe catarinense segue na zona de rebaixamento, enquanto a equipe paulista continua no meio da tabela.

Com o empate, o Avaí segue na zona de rebaixamento. A equipe catarinense nos últimos cinco jogos, venceu apenas um. O Avaí volta a entrar em campo no próximo domingo (09), na Arena do Grêmio, contra o vice-líder do campeonato, o Grêmio.

Já a Macaca com o empate, segue no meio da tabela, e fica estacionada na 11ª colocação. A Ponte Preta volta a entrar em campo pelo Campeonato Brasileiro, no próximo sábado (08), contra o líder do campeonato, o Corinthians, na Arena Corinthians.

Equipes criam chances de gols mas não saem do zero

Os dez primeiros minutos da partida foram muito truncado e de nenhuma chance real de gol para nenhuma das equipes. E foi o time visitante que chegou primeiro, aos dez minutos, Lucca recebeu na esquerda, ajeitou para o pé bom e chutou de fora da área. Douglas faz a defesa. Aos 11 minutos, Juan cobrou escanteio na primeira trave, Joel apareceu e tocou de cabeça, mas mandou para linha de fundo, Aranha apenas acompanhou a saída da bola, sem levar perigo ao goleiro.

O jogo começou a ficar lá e cá, com os dois times tendo suas chances de gol. Aos 17 minutos, Naldo subiu mais que a defesa do Avaí e cabeceou, mas em cima de Douglas, que fez uma bela defesa para salvar o time da casa. Aos 18, o Avaí tentou responder. Joel ganhou divida de Kadu, girou na entrada da área e soltou a bomba de pé direito. O chute siau com bastante perigo, à direita de Aranha.

Aos 23 minutos, Lucca bate falta na entrada da área, por cima da barreira. Ela quica na frente do goleiro do Avaí, que precisou espalmar a bola para escanteio. Aos 36 minutos do primeiro tempo, Claudinho pegou sobra fora da área, dominou e emendou o chute com o pé direito. A bola saiu raspando a trave esquerda, com perigo para Douglas.

Aos 41, o Avaí marca mas o juiz já havia marcado o impedimento. Em jogada envolvente do ataque do Avaí, a bola vai da direita até a esquerda, quando Capa cruza rasteiro para Joel. O atacante driblou Aranha e bateu para o gol, mas estava em posição irregular. No último lance do primeiro tempo, Rômulo aproveitou o pouco espaço na área, girou sobre Kadu e soltou a bomba de pé direito. Aranha espalmou e salvou a Macaca. 

Poucas finalizações no segundo tempo e placar seguiu no zerado

Na segunda etapa, o Avaí teve sua primeira chance logo no inicio, aos cinco minutos. Pedro Castro cobrou falta, que desviou na barreira e por pouco não enganou Aranha. O goleiro precisou voltar para o canto esquerdo e conseguiu botar a bola para escanteio. Aos 15 minutos, Pedro Castro arriscou o chute de fora da área e mandou à direita de Aranha.

Aos 17, em cobrança de falta, Lucca bateu por cima da barreira mas a bola saiu à direita de Douglas, pela linha de fundo. Aos 27, Kadu cortou mal o cruzamento de Juan. E na sobra, Júnior Dutra pegou de primeiro e levou perigo ao gol de Aranha.

Aos 39 minutos, Claudinho faz bonita jogada e deixou dois marcadores para trás. Ele tocou para Jadson, que dominou e bateu com curva. A bola vai sem direção. Aos 41, a Ponte atacou pela esquerda. Fernandinho cruzou, mas a defesa afastou. A bola continuou com o time paulista, que recuou e satisfeito com o empate, aproveitou a posse para gastar o tempo.

VAVEL Logo