Corinthians visa aumentar vantagem na liderança diante do Botafogo
Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Neste domingo (2), o líder da competição Corinthians Botafogo se encontrarão no confronto pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro, o paulista visando aumentar a diferença de pontos para o segundo colocado, e o carioca, entrar no G-4. Após jogar com desfalques contra o Patriotas (COL) pela Copa Sul-Americana, o Timão jogará com seus titulares, e o Botafogo também deverá entrar em campo com o mesmo time que enfrentou o Atlético-MG nesta quinta-feira (29) pela Copa do Brasil, já que segundo o técnico Jair Ventura, não tem investimentos para poupar jogadores.  

O Corinthians vem de uma série de vinte e quatro partidas invicto após difícil empate na Colômbia, e líder da competição quatro pontos à frente do segundo colocado, Grêmio, aposta em jogadores que foram poupados na última partida. Já o Botafogo que está disputando três competições ao mesmo tempo, sendo elas além do Brasileirão, a Copa do Brasil e a Libertadores, vem de uma sequência difícil de jogos, sendo derrotado nas duas últimas partidas contra Atlético-MG e Avaí.

Com a volta de titulares, Corinthians quer aumentar vantagem na liderança

Líder da competição e com uma sequência incrível de vinte e quatro jogos sem saber o que é perder, o Timão jogará com quatro jogadores pendurados por cartão amarelo, sendo eles Fagner, Gabriel, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel que, mesmo não sendo titular da equipe, vem sendo substituto em grande parte dos últimos jogos, fazendo uma grande atuação.

O técnico Fábio Carille, que havia feito mudanças na equipe por temer lesões pela grande sequência de jogos feita por alguns jogadores, também teve que escolher substituto de Ángel Romero, suspenso. O eleito foi Clayson, que sequer viajou à Colômbia com seus companheiros, mas que para Carille tem características parecidas as do paraguaio, querendo proporcionar mais velocidade ao setor de ataque.

Além de Clayson, outra surpresa na escalação é o volante Gabriel, que havia sido expulso no jogo contra os bahianos, e foi desfalque no confronto direto pela liderança contra o vice Grêmio, o paulista retornará ao campo contra o Botafogo, mas poderá ser desfalque novamente, se receber cartão amarelo neste domingo. 

Em campanha instável, Jair Ventura não poupará jogadores 

Mesmo após uma grande sequência de jogos, não sendo positiva, o Botafogo entrará em campo com o mesmo time que enfrentou o Galo, pela Copa do Brasil, nesta quinta-feira (29). Atual sétimo colocado com quinze pontos, o time carioca tem chances de chegar ao G-4 se vencer o atual líder da competição, na Arena Corinthians.

A equipe vem de uma surpreendente derrota para o vice-lanterna, Avaí, quer se reinventar, querendo ganhar confiança para o confronto pela Libertadores. O técnico falou sobre possíveis problemas no sistema de jogo.

"É um momento muito importante para a gente e eu tenho de me reinventar sempre. Quando você ganha, as coisas ficam para trás, quando perde, a culpa é do treinador. O que me preocupa são as inverdades. Temos de parar para analisar um pouquinho, ver a performance de jogo. Se o nosso time jogou bem ou não, e se foi culpa do sistema ou não", afirmou o treinador.

O goleiro Gatito Fernández diz que o time precisa evitar levar gols no começo do jogo como vem acontecendo nos jogos passados, pois pode comprometer a concentração dos jogadores até o final da partida.

“O Corinthians vai pressionar e nós teremos que ser eficientes na marcação e também na saída de bola para o ataque. Portanto, temos que manter o nível de concentração ao longo dos noventa minutos. Levamos gols no início dos jogos contra o Avaí e diante do Atlético Mineiro e isso foi decisivo para deixarmos o gramado com a derrota. Não podemos repetir esses erros”, alertou o goleiro.

VAVEL Logo