Flamengo vence São Paulo, mantém boa sequência e se consolida nas primeiras colocações
Foto: Divulgação / São Paulo FC

Na tarde deste domingo o São Paulo viajou até o Rio de Janeiro para enfrentar o Flamengo, pela 11º rodada do Campeonato Brasileiro.

O time rubro-negro, sem perder a cinco rodadas, começou a partida assumindo a quinta colocação na tabela, já o tricolor paulista, em situação oposta, não vencia a cinco partidas e deu início ao jogo em 16º lugar.

O Tricolor precisava vencer, e contou com o apoio de sua torcida, que viajou até o estado vizinho para empurrar sua equipe. O valor dos ingressos foi algo bastante criticado, já que cada São Paulino teve que desembolsar o valor de R$200,00 reais para assistir a partida.

Com esse resultado o Tricolor entra na zona de rebaixamento, já o Fla soma mais três pontos e continua sem perder. A próxima partida do São Paulo será contra o Santos na Vila Belmiro, já o Flamengo enfrentará o Vasco.

São Paulo começa pressionando, mas acaba levando dois gols

O primeiro tempo iniciou truncado, para ambos os times a vitória importava, os donos da casa queriam seguir sua invencibilidade, enquanto os visitantes, queriam a vitória para dar um deixa pra lá no jejum de partidas sem vencer. Por isso a marcação estava sendo bem-feita, o que deixava a partida mais difícil.

A saída de bola Flamenguista era marcada de perto pelos São Paulinos, e aos oito minutos, Pratto faz falta em Márcio Araújo, logo em seguida escanteio para o Flamengo, na cobrança Diego jogou pra área e Pratto tirou facilmente de cabeça.

O time do Morumbi começou apertando, mas ao decorrer da partida, o Urubu foi ganhando seu espaço. Aos 17 minutos, Petros e Guerrero se estranharam, Jucilei foi defender o companheiro de equipe e chegou encarando o peruano, mas logo foram afastados e a partida seguiu.

O jogo foi esquentando, Lugano e Guerrero se estranharam e o árbitro chamou a atenção dos dois, o uruguaio causou uma falta na entrada da área, mas o juiz mandou seguir, causando revolta em Guerrero. Logo depois, foi marcado falta para o time de Ceni.

A partida chegou aos 30 minutos, sem grandes chances, já que a maioria dos lances eram parados por faltas, nenhuma das equipes tinham chego até o momento na área adversária.

Pratto ia bem na partida, tirando praticamente todas as bolas aéreas do Flamengo, aos 36 minutos Petros derrubou Guerrero na entrada da área, falta perigosa para o Fla. Na cobrança, o próprio camisa nove cobrou e acertou em cheio o gol de Renan Ribeiro, abrindo o placar da partida.

O São Paulo tentou se recuperar, na cobrança de falta jogou a bola na área, mas não parecia conseguir a recuperação, quatro minutos após o primeiro gol, o Fla chegou mais uma vez e após linda troca de passes, Guerrero toca para Everton Ribeiro, que encontrou Diego que bateu de primeira, marcando um belo gol.

A pressão continua, mas Flamengo consegue a vitória

A segunda etapa começou com o São Paulo pressionando mais, com ótimas chances, porém Pratto desperdiçou duas que teve, chutando mal. A má fase do Tricolor afetou até os jogadores que melhor estavam em campo.

A primeira grande chance, veio aos 12 minutos, após contra-ataque de Pará, Diego e Everton Ribeiro, o meia então, finalizou, mas Renan fez boa defesa. No escanteio, o arqueiro São Paulino faz defesa fácil.

O time do Morumbi, acreditava, aos 15 minutos, Júnior Tavares tenta o cruzamento, Rhodolfo afastou, no rebote Marcinho cruzou, mas Thiago fez boa saída e defendeu.

Aos 17 minutos, Cueva cobrou falta e mandou a bola pra dentro da área, Jucilei de cabeça ajeitou para Rodrigo Caio que acabou cabeceando pra fora. Boa chance, mais uma desperdiçada.

No minuto seguinte, Marcinho deu ótimo passe para Lucas Pratto, o argentino de carrinho tentou empurrar para o fundo das redes, mas a bola foi para o lado de fora. Após o tiro de meta da equipe carioca, Diego mandou uma bomba, Renan Ribeiro defendeu, no rebote Guerrero arriscou, mas Rodrigo Caio salvou em cima da linha do gol, a bola voltou aos pés do peruano e novamente o zagueiro são paulino amorteceu a bola para a defesa do companheiro de equipe. Que lance.

Em seguida, foi a vez do São Paulo protagonizar um lance teste pra cardíaco, no belo chute de Cueva, Rhodolfo estava lá e assim como Rodrigo Caio, afastou em cima da linha.

O time do Morumbi ia tentando chegar individualmente, mas com erros individuais também, não conseguiam o feito. Fase complicada para o Tricolor. Todas as bolas do Tricolor paravam nos pés de Pratto, mas assim como a fase do time, o Argentino não manteve boa finalização em nenhuma delas. Ainda deu tempo de Diego tentar um gol olímpico, mas Renan Ribeiro defendeu. Que situação complicada. O juiz apitou fim de jogo, na Ilha do Urubu.

 

VAVEL Logo