Jogadores do Grêmio ressaltam raça da equipe em jogo brigado contra Godoy Cruz
(Foto: Divulgação/ Grêmio)

O Grêmio saiu na frente no confronto contra o Godoy Cruz-ARG, pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América. O jogo que ocorreu na noite desta terça-feira (4) precisou de algo a mais do time gaúcho, além do belo futebol que vem demonstrando. Com gramado em más condições, chuva, frio e entradas duras dos argentinos, equipe gremista precisou de raça para garantir a vitória por 1 a 0 em Mendoza.

O gol da vitória foi marcado por Ramiro, logo aos 45 segundos de jogo. O tricolor sofreu pressão da equipe argentina, que não chegou ao empate graças ao goleiro Marcelo Grohe, que fez duas grandes defesas. Com o resultado, a equipe gaúcha jogará por um empate na partida de volta, que será apenas no dia 9 de agosto, na Arena, em Porto Alegre.

Após a partida, os jogadores do tricolor destacaram a entrega da equipe. O craque do time, Luan, destacou que além da qualidade, o time gremista tem raça: “Foi um jogo complicado. Mas mostramos que, além de jogar, sabemos fazer uma partida disputada, brigada. O campo pesado faz ter mais contato”.

O autor do gol da vitória, Ramiro falou sobre sensação de dever cumprido: “Ficamos com a sensação de dever cumprido por sair com uma vitória fora de casa”. O meia ainda falou sobre as chegadas fortes dos argentinos: “Acho que é característica do futebol argentino: chegar mais forte. Mas fomos premiados com uma vitória”, completou o jogador gremista.

Como a partida de volta da Libertadores é apenas no dia 9 de agosto e o jogo de volta contra o Atlético-PR pelas oitavas da Copa do Brasil no final de julho, o foco gremista agora é o Campeonato Brasileiro. Na segunda colocação, sete pontos atrás do líder Corinthians, o tricolor terá cinco partidas seguidas sem dividir o foco com as outras competições. No domingo (8), o Grêmio recebe o Avaí na Arena, pela 12ª rodada, às 19 horas.

VAVEL Logo