Atacante Michael Arroyo fratura nariz em estreia e deve voltar a atuar pelo Grêmio em 30 dias
Foto: Lucas Uebel / Grêmio

Ainda em seus primeiros minutos com a camisa do Grêmio, o equatoriano Miller Bolaños saiu gravemente lesionado de um clássico Gre-Nal em 2016. Companheiro dele na seleção do Equador, o atacante Michael Arroyo estreou pelo Tricolor gaúcho neste domingo no duelo entre Grêmio e Santos e acabou lesionado, em uma triste coincidência. Miller fraturou a mandíbula na ocasião e Micky passou por uma fratura no nariz.

Há 10 minutos em campo na entrada no segundo tempo da partida na Arena do Grêmio, Michael Arroyo fazia sua estreia pelo Tricolor. Porém, em lance que se chocou contra o defensor Victor Ferraz, do Santos, o equatoriano fraturou o nariz na disputa e precisou deixar o campo. Para aliviar a preocupação da torcida, o atacante postou em rede social que foi nada de mais grave. Ele será operado ainda nesta segunda-feira, em procedimento do médico Marcus Collares, o mesmo responsável pela cirurgia de êxito em Miller Bolaños.

Michael Arroyo vai passar por esse período de repouso e recuperação, com estimativa para voltar a vestir a camisa do Grêmio oficialmente somente daqui a 30 dias. A expectativa é para retornar aos treinos antes disso. É bem possível que utilize alguma proteção na região facial atingida.

Arroyo foi contratado junto ao futebol mexicano e chegou ao Grêmio há cerca de um mês. Apresentado e disposto a ajudar, teve que passar por uma espécie de pré-temporada em meio ao ano gremista. Após três semanas de muitos treinos físicos e alguns com os companheiros, Micky ingressou no segundo tempo diante do Santos. Após o triste incidente, a expectativa dos gremistas é por desfecho semelhante ao de Miller Bolaños. Ausente em grande parte dos jogos do Grêmio em 2016, o meia-atacante foi decisivo na Copa do Brasil conquistada pelo clube. Marcou o primeiro e o último gols da campanha tricolor.

VAVEL Logo