Rafael Carioca supera críticas, volta a se destacar no Atlético-MG e é exaltado por Micale
Para Rogério Micale, Rafael Carioca pode voltar a ser convocado à Seleção Brasileira (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Rafael Carioca carregou um fardo em suas costas por vários jogos da atual temporada. Alvo de duras críticas da torcida, que o via como um “jogador sem alma” em campo, o meio-campista esteve próximo de deixar o Atlético-MG. O Tigres, do México, tentou a sua contratação. Porém, o camisa 5 permaneceu no clube e, ainda que por trás das cortinas, tem se tornado um dos destaques do time alvinegro.

Hoje, Rafael Carioca é jogador que mais desarma jogadas no Campeonato Brasileiro. Foram 35 bolas roubadas até a 20ª rodada do certame. O volante é, disparado, o melhor passador do time atleticano: 2261 passes (94,4%) contra 2031 (91,8%) de Fábio Santos, o segundo. Da equipe titular do Galo, Carioca é o atleta que mais recebe faltas: foi parado 72 duas vezes. Dados extraídos do site galoestatisticas.com.

Em entrevista coletiva após a vitória sobre o Flamengo, nesse domingo (13), na Arena Independência, o técnico do Atlético, Rogério Micale, enalteceu a boa fase de Rafael Carioca. De acordo com o comandante, o camisa 5 pode retornar à Seleção Brasileira – foi convocado em duas oportunidades no ano passado – de Tite.

O Rafael Carioca, se continuar apresentando o que ele vem mostrando nesses últimos jogos, eu acho que ele volta a ter chances na Seleção Brasileira”, afirmou Micale. “Eu acho que é um jogador que tem um domínio de espaço, em frente à zaga, na construção ofensiva, fantástico. É difícil o Rafael perder bola”, completou.

Mais um desarme: Rafael Carioca faz o corte e impede o avanço de Vinícius Júnior (Foto: Pedro Vilela/Getty Images)
Mais um desarme: Rafael Carioca faz o corte e impede o avanço de Vinícius Jr (Foto: Pedro Vilela/Getty Images)

A rincha que certa parte da torcida atleticana tinha/tem com Rafael Carioca era acerca de uma possível “passividade” dentro de campo. Segundo argumentos de alguns torcedores, principalmente nas redes sociais, o meio-campista não se doa ao máximo nos jogos. Micale tocou neste assunto em sua entrevista coletiva.

Muitas vezes nós cobramos dele aquela pegada, mas ele tem uma intercepção de passe, cortando a linha de passe, que poucos têm. Rafael Carioca está em uma crescente. Estou muito feliz de poder trabalhar com ele, porque é um jogador que tem um entendimento muito bom. É um jogador que eu gosto, que tem bom passe, que tem boa dinâmica com a bola no pé. Então, eu só tenho a dar parabéns, e que ele continue assim. Porque nós temos objetivos grandes, e ele, pessoal”, explicou.

No jogo que culminou na eliminação do Galo da Copa Libertadores, contra o Jorge Wilstermann, no Mineirão, na última quarta-feira (9), Rafael Carioca distribuiu 103 passes, com aproveitamento de 97,1% (errou apenas três). Nesse domingo, diante do Flamengo, o Atlético atuou em um 4-1-4-1, e o atleta fez o papel do volante à frente da defesa, posicionado entre as duas linhas de quatro. Fornecia qualidade à saída de bola, cadenciava o jogo quando necessário e, como disse Micale, fechava os espaços entre as linhas para interceptar possíveis passes do adversário.

A nota negativa foi o cartão amarelo que o camisa 5 recebeu, por reclamação, no segundo tempo. Ele estava pendurado. Portanto, Rafael Carioca será desfalque para o comandante alvinegro na próxima segunda-feira (21), às 20h, contra o Fluminense, no Rio de Janeiro. O volante Adilson é outro que foi advertido pelo árbitro e também desfalcará o Galo na 21ª rodada do Brasileirão.

VAVEL Logo