Apesar de empate, Milton Mendes elogia empenho dos atletas vascaínos: "Estão de parabéns"
foto: Carlos Gregório Jr / Vasco.com.br

o Vasco da Gama segue sem vencer no Raulino de Oliveira, o vilão da vez foi o Palmeiras, que saiu a frente no placar, porém acabou cedendo o empate à equipe carioca. O técnico Milton Mendes questionado após a partida, afirmou que o objetivo lógicamente era a vitória, contudo o empate acabou não sendo resultado ruim.

''Queríamos vencer, trabalhamos para isso. Fizemos de tudo, tivemos oportunidades. Mas fomos buscar um ponto contra uma equipe recheada de bons jogadores, excelente treinador e estrutura extraordinária. Meus jogadores estão de parabéns, não desistiram. Seguraram a pressão'', comentou Milton.

O comandante vascaíno também comentou sobre a evolução da equipe desde a estréia da equipe no Campeonato Brasileiro, diante do próprio Palmeiras.

''Nós nunca perdemos a confiança pelos resultados, sabemos para onde queremos ir. Não significa que está tudo ruim quando perdemos duas vezes. Muitos jogadores não estiveram no primeiro jogo, tivemos mudanças. Estamos em um lugar onde não esperavam, e poderíamos estar melhor. Esse ponto, diante das circunstâncias, foi bom. Mas estivemos mais perto de vencer do que de perder. Daqui a pouco as coisas mudam novamente para nós. As pessoas que gostam do Vasco podem ter certeza de que nunca vamos desistir'', analisou

Milton falou também sobre as atuações de Fabuloso e Nenê: ''Ambos estiveram bem. O Nenê sempre foi um jogador que nós queríamos. O Luis é nossa referência, a ponta do iceberg, precisamos muito dele. Estava cansado e não pude tirá-lo porque precisávamos dele. Fez tudo que podia, estamos orgulhosos. Se estiver bem na sequência, vamos mantê-lo. Temos ainda alguns jogadores que poderão entrar, como o Anderson Martins''.

Como de costume a volta de Anderson Martins esteve presente nas declarações de Milton Mendes. ''Estava previsto ele entrar contra o Palmeiras. Conversei com ele no intervalo, tínhamos uma estratégia, mas, infelizmente, as coisas aconteceram de forma diferente. Se o Luis não suportasse, eu colocaria o Rios também, para dar mais velocidade. Infelizmente levamos o gol e precisei mudar para dar mais velocidade e qualidade no passe''.

Precisando reencontrar o caminho das vitórias, o Gigante da Colina vai até a Fonte Nova, para enfrentar a equipe do Bahia, no Domingo (20), às 16 h. Vale ressaltar que o cruzmaltino está quase completando um mês sem vitórias, a última foi no dia 23 de julho diante da equipe do Atlético MG, no estádio Independência.

VAVEL Logo