Apesar de derrota na Copa Suruga, Eutrópio vê saldo positivo em tour da Chape: "Voltamos fortalecidos"

Na manhã desta terça-feira (15), a Chapecoense realizou o último compromisso de seu tour mundial. Em confronto contra Urawa Reds (JAP), válido pela Copa Suruga, a equipe catarinense não jogou bem e perdeu por 1 a 0, ficando com o vice-campeonato do torneio. O jogo foi decidido com o um gol de pênalti, já nos acréscimos da partida.

A marcação da penalidade que decidiu o placar final gerou muita polêmica. O treinador Vinicius Eutrópio e todos os jogadores da Chape reclamaram demais de inúmeras marcações do juiz Kim Jong-hyeok (COR). A partida chegou a ficar paralisada por sete minutos, até a cobrança do volante Abe balançar as redes.

Após o apito final, parte da delegação da Chape cercou o trio de arbitragem e aplaudiu, ironicamente, a atuação dos mesmos. Em entrevista após a partida, o atacante Zlatan Ljubijankic, envolvido no lance da penalidade, assumiu que não houve infração do zagueiro Grolli.

Jogadores e Eutrópio cercam árbitros no Japão (Foto: Hiroki Watanabe/Getty Images)

Das arquibancadas, veio o destaque positivo do amistoso. Em um bonito gesto, a torcida japonesa prestou homenagens à Chapecoense, levando uma enorme faixa com mensagem de apoio ao clube catarinense: "Vamos nos encontrar novamente nos campeonatos mundiais, amigos!". Os jogadores da Chape retribuíram o carinho, distribuindo suas camisas aos torcedores.

Na coletiva de imprensa após o encerramento do jogo, o treinador da Chape comentou sobre a a atuação de sua equipe, analisando os dois tempos da partida. Para Eutrópio, a partida foi disputada e de bom nível técnico.

"O jogo em meu ponto de vista foi digno de uma final. As duas equipes buscaram o gol o tempo todo, com organização. Eles [Urawa] foram melhores na primeira etapa, e no segundo nós criamos oportunidades mais claras. Demoramos a nos adaptar ao estilo de jogo do Urawa Reds, mas depois igualamos o jogo.", analisou.

Perguntado sobre o saldo da viagem, Eutrópio acredita que a Chapecoense voltará mais forte e mais estimulada ao Brasil. No Brasileirão, a equipe catarinense está na zona de rebaixamento, em 17º lugar, e precisará reagir para deixar esta incômoda posição.

"Tenho certeza que saímos muito mais fortalecidos da viagem. O grupo esteve junto por 10, 12 dias e o jogo de hoje mostra isso. Enfrentamos adversários fortíssimos e voltamos fortalecidos para o Campeonato Brasileiro e Copa Sul-Americana", concluiu.

VAVEL Logo