Sem espaço no Palmeiras, Barrios se torna um dos artilheiros do Grêmio e esperança nas copas
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

Custeado por Crefisa e Faculdade das Américas, Lucas Barrios chegou ao Palmeiras em junho de 2015. O atacante trouxe na bagagem a promessa de ser um grande artilheiro, a exemplo de como atuou no Colo-Colo do Chile, onde marcou 53 gols em 58 jogos, e no Borussia Dortmund, clube em que atuou 102 vezes e balançou as redes 42.

Porém, no clube paulista o rendimento de Barrios foi muito abaixo do que era esperado. Nos 19 meses em que esteve no Verdão, atuou em 44 partidas e marcou apenas 13 gols. Perseguido por lesões, o atleta não conseguiu corresponder às expectativas e acabou perdendo espaço na equipe.

Em fevereiro deste ano era inviável sua permanência no Palmeiras. O clube havia trazido outros atletas que atuavam na mesma posição. Barrios estava fora dos planos de Eduardo Baptista, que até então era técnico do time. O fato também era bom para os patrocinadores, que pagavam 1 milhão mensalmente ao atleta.

A negociação com o Grêmio foi rápida. No dia 19 de fevereiro foi a última partida do atacante com a camisa do Palmeiras, ele marcou um gol na vitória do clube sobre o Linense, por 4 a 0, pelo Campeonato Paulista. No dia 25 do mesmo mês, o Tricolor Gaúcho anunciou em seu site oficial a contratação do centroavante.

Já no clube gaúcho as lesões ainda assombravam Barrios, que, por conta delas, não conseguia ter sequência de jogos. Foi necessário que o comandante Renato Portaluppi tivesse paciência e confiança no atleta.

Não demorou muito para que ele mostrasse o porquê de ser considerado artilheiro e deixasse os palmeirenses com saudade. Seu primeiro gol foi na partida contra o Veranópolis, pelas quartas de final do Campeonato Gaúcho, a partir de então, o atacante tornou-se um dos goleadores tricolor.

A primeira vez que marcou na Libertadores foi com grande estilo, com um Hat-trick, na vitória tricolor por 4 a 1 sobre o Guarani-PAR, em abril. Os números do atleta se tornaram ainda mais surpreendentes na partida contra o Atlético-PR, no dia 29 de junho, pelas quartas de final da Copa do Brasil, quando ele marcou dois dos quatro gols da vitória do Grêmio por 4 a 1. Após os dois tentos, ele chegou a marca de 14 gols com a camisa Tricolor em 23 jogos. Com apenas quatro meses no time, Barrios já havia marcado mais gols pelo clube do que marcou em toda sua passagem pelo Palmeiras.

O atleta de 32 anos, além de artilheiro gremista, se tornou o maior goleador estrangeiro do Grêmio em Libertadores da América, somando 5 gols na atual edição da competição. Com essa marca, ele superou o centroavante argentino Hernán Barcos, que marcou quatro vezes com a camiseta do Grêmio em duas edições da copa. No Campeonato Brasileiro, Barrios colocou a bola no fundo das redes quatro vezes. O mesmo número se repete na Copa do Brasil.

Até o momento, somando todas as competições disputadas pelo Grêmio no ano, Lucas Barrios atuou em 28 jogos e marcou 15 gols. Titular absoluto do ataque tricolor, ele tem uma média de 0,53 gols por partida. Melhor do que isso, seu tempo em campo é inferior a 20 jogos de 90 minutos, demarcando de vez sua grande média.

 

VAVEL Logo