Fábio Santos: "As últimas semanas no Atlético-MG foram pesadas demais"
Fábio Santos comenta na coletiva o que mudou na última partida do Brasileiro (Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)

Em entrevista coletiva na Cidade do Galo, o lateral-esquerdo Fábio Santos analisou a temporada aquém do esperado no Atlético-MG. O clube foi eliminado da Copa do Brasil e da Copa Libertadores, restando apenas o Campeonato Brasileiro e a Copa da Primeira Liga para disputar em 2017. Na última rodada do Brasileirão, o Galo derrotou o Flamengo, no Independência, e diminuiu a pressão que o time sofre.

Óbvio que não vai apagar as eliminações, isso a gente também nem tenha a pretensão que aconteça. Mas, sem dúvida nenhuma, essas últimas semanas foram pesadas demais, muitas desclassificações, derrotas em casa. Então, nós precisávamos de um resultado como esse para ter uma tranquilidade, ainda mais uma semana cheia de trabalho”, afirmou.

O lateral-esquerdo avaliou o desempenho do Atlético no jogo contra o Jorge Wilstermann, da Bolívia, que causou a eliminação da equipe mineira na Libertadores, e na vitória contra o Flamengo, no último domingo (13), pelo Brasileirão.

O resultado foi diferente porque na quarta feira fizemos um bom jogo, a gente enfrentou uma equipe que estava totalmente atrás da bola sem falar da pressão, que nós precisávamos do resultado a todo o momento, isso influencia o psicológico sem dúvida nenhuma. Isso influencia para você fazer uma jogada ou outra, ter a melhor escolha da jogada. Nós criamos situações de gols, tivemos chances. Infelizmente as coisas não aconteceram. Já contra o Flamengo, com 15 minutos de jogo, a gente conseguiu fazer 1 a 0; isso dá uma tranquilidade também”, explicou.

A gente tem procurado fazer aquilo que o Micale tem pedido na parte estrutural da equipe, principalmente nesses três jogadores de meio, uns movimentos que ele gosta que faça”, revelou Fábio Santos.

VAVEL Logo