Treinador do Atlético-GO, João Paulo Sanches destaca luta pela permanência na elite
(Foto: Paulo Marcos/Assessoria ACG)

A situação no Atlético-GO está longe de ser das melhores. Após mais uma derrota na campanha do Campeonato Brasileiro, desta vez para o Flamengo, o clube goiano segue ocupando a última posição da tabela – com 15 pontos de 63 disputados, o Dragão tem aproximadamente 23% de aproveitamento no torneio nacional.

Treinador do Atlético-GO, João Paulo Sanches falou sobre o alto nível de competitividade e as dificuldades enfrentadas no Brasileiro. Ao passar pela zona mista da Ilha do Urubu, o técnico também analisou brevemente o confronto contra o Flamengo e falou sobre Vinícius Jr., revelação do clube carioca.

"É um campeonato com um nível muito alto. Oscilamos em alguns momentos, mas agora temos que ter mais tranquilidade para buscar os resultados positivos e melhorar na tabela. Levamos um gol com 11 minutos e esse gol nos expôs um pouco mais. (...) Sabíamos da proposta do Flamengo de velocidade pelos lados e boa transição por dentro. Procuramos anular. Em dois momentos que não conseguimos eles chegaram. A gente sabe que o Vinicius tem essa velocidade, mas o que tem que ser cortado é o passe do adversário. Essa característica tinha que ter sido eliminada para a gente conseguir nosso objetivo", afirmou.

O próximo compromisso do Dragão é contra ninguém menos que o líder Corinthians, em Itaquera. Precisando correr atrás do prejuízo, o Atlético-GO precisa fazer um returno quase que perfeito para chegar aos 45 pontos e garantir matematicamente a permanência na elite. Em entrevista pós-jogo, João Paulo Sanches não negou o desafio que tem pela frente, mas demonstrou confiança na sequência do trabalho no clube rubro-negro.

João Paulo Sanches é treinador do Atlético-GO (Foto: Paulo Marcos/Assessoria ACG)
João Paulo Sanches é treinador do Atlético-GO (Foto: Paulo Marcos/Assessoria ACG)

“Sabemos disso, temos que trabalhar a semana toda, diminuir os erros e procurar o resultado lá em São Paulo. (...) É praticamente uma pontuação de G4. Sabemos da dificuldade. Pra conseguirmos esse objetivo, temos que diminuir nossos erros e qualificar mais nossas oportunidades pra matar o jogo”, completou o treinador.

Ao final da entrevista, o comandante do Atlético-GO ainda falou sobre o efeito dos resultados em campo na confiança do elenco goiano.

“Nós procuramos sempre passar o bom rendimento que temos tido nas partidas, junto com a confiança no dia a dia. Com menos resultados, essa insegurança certamente vem, mas vamos buscar o resultado pra que facilite nossa confiança no dia a dia”, concluiu.

Dando sequência à campanha no Campeonato Brasileiro, o Atlético-GO enfrenta o líder Corinthians no próximo sábado (26). A partida, válida pela 22ª rodada do torneio nacional, acontece na Arena Corinthians.

 

VAVEL Logo