Com grande atuação de Mendoza, Bahia vence Vasco na Fonte Nova
Colombiano usou velocidade e oportunismo para fazer dois gols. (Foto: Divulgação / EC Bahia)

O Bahia parece ter mandado o estigma de maus resultados em casa pra longe. Depois de vários tropeços em seus domínios, o Tricolor de Aço já soma a segunda vitória consecutiva e o melhor, contra adversários diretos na luta contra o rebaixamento. Dessa vez, a vítima foi o Vasco, em partida que aconteceu na tarde de hoje (20), pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro. O placar elástico de 3 a 0 contou com gols de Tiago e dois de Mendoza, grande nome da partida.

Com o resultado, o Bahia ganha três posições, subindo para o 12º lugar, abrindo quatro pontos para a Chapecoense, primeiro time na zona de rebaixamento, mas que tem dois jogos a menos. Já o Vasco vai para sua quinta partida sem vitória e fica em 15º, com 25 pontos, se aproximando perigosamente do Z-4, coisa que parecia distante no ínicio da competição.

Mesmo com o jogo da seleção, a 22ª rodada acontecerá no próximo final de semana. Enquanto o Bahia terá o Botafogo em casa, no domingo (27), às 16h, o Vasco tem o clássico contra o Fluminense pela frente, no Maracanã, com mando dos tricolores, só que no sábado (26), às 16h. Os dois times esperam vencer para se afastar cada vez mais do rebaixamento.

Vasco começa melhor, mas Bahia é mais eficiente

Apesar de jogar com três zagueiros, o Vasco mostrou desde o ínicio que não foi até Salvador só pra se defender, o que fez com que o jogo ficasse aberto, tanto que no primeiro minuto de jogo, Rodrigão já recebeu passe na frente de Martin Silva, mas na hora de bater para o gol, Breno deu um carrinho providencial que evitou o primeiro gol tricolor.

A resposta veio rápida, na jogada seguinte, Luís Fabiano teve grande oportunidade após cruzamento à meia altura de Ramon, mas o goleador acabou furando e a bola sobrou pra Wagner, que chutou  de primeira na rede pelo lado de fora, dando um grande susto na torcida baiana. Wagner chegou a oferecer perigo novamente, dessa vez em cobrança de falta, mas Jean estava atento e fez boa defesa.

Aos 20', a chance mais clara do Vasco no primeiro tempo. O time, como em todo primeiro tempo, marcou a saída de bola e deu resultado, a bola sobrou para Wagner, que com categoria, colocou Paulinho de frente para Jean, mas o atacante bateu mal, perdendo a oportunidade de abrir o placar na Fonte Nova. Como quem não faz, leva, logo em seguida, Régis bateu escanteio e Tiago de cabeça, mandou para o fundo das redes.

Melhor do cruzmaltino, o meia Wagner não parava de causar perigo a meta do tricolor baiano. Depois de sequência de furadas, a bola sobrou pra ele, que dominou e bateu na trave. O ônus da presença constante do Vasco no ataque, ficou evidente no segundo gol do Bahia. O time perdeu a bola no ataque e Mendoza puxou contra-ataque. O colombiano driblou Ramon e Martin Silva e não teve dificuldades para ampliar o placar, dando números finais aos primeiros 45 minutos de jogo.

Bahia faz gol no ínicio e sacramenta a vitória

Na volta para o segundo tempo, o técnico Milton Mendes fez duas mudanças, buscando dar mais qualidade ao time, com a mudança de esquema. Mas não deu nem tempo de algo ser feito, visto que logo no primeiro minuto, Mendoza pegou rebote de chute fraco de Rodrigão e sem goleiro, só empurrou para transformar a vitória em goleada.

O terceiro gol do Bahia deixou o jogo morno, com o Bahia trocando passes e o Vasco sem força e objetividade para buscar a reação. O descontrole do time carioca não teve demonstração melhor que o chute bisonho que Jean deu de longe com a perna esquerda, mesmo tendo opções de passe que resultariam em uma melhor oportunidade de gol.

Se o Vasco não conseguia mostrar força, o Bahia aproveitava para chegar e mostrar perigo. Mendoza, o melhor em campo, puxou contra-ataque em alta velocidade sem ser incomodado e colocou Rodrigão de frente para o goleiro. O atacante, que não costuma perder esse tipo de gol, bateu muito mal e a bola acabou saindo. Daí em diante, os times não demonstraram muita vontade de mudar o placar, que acabou mesmo no 3-0 para o Bahia.

 

 

 

 

VAVEL Logo