Renato Portaluppi avalia empate com Atlético-PR: "Tecnicamente foi um jogo ruim"
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

O Grêmio ficou no empate sem gols com o Atlético-PR neste domingo. A partida, válida pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, aconteceu na Arena do Grêmio. Após o duelo, na entrevista coletiva, o comandante Renato Portaluppi deu sua opinião sobre o que viu em campo. 

Meu sistema defensivo foi bem, o Atlético-PR vem numa ascensão no campeonato, vem de quatro vitórias e hoje praticamente não criaram. Nossa equipe estava totalmente modificada, mas tanto Bressan quanto Bruno foram bem. Foi tecnicamente um jogo ruim, mas faz parte. Somamos mais um ponto no campeonato, nosso objetivo era se aproximar mais um pouco do Corinthians com uma vitória, mas tivemos um equipe completamente modificada contra uma que vem de acensão no campeonato, acredito que ficou de bom tamanho o empate.”

Nas partidas que jogou com time alternativo, o Tricolor não obteve sucesso. Quando perguntado se isso faria com que ele repensasse a escalação no Campeonato Brasileiro, Renato respondeu:

"Vou continuar dando chance para jogadores que não vem jogando, pros garotos. Não adianta, somos obrigados. Vai ser sempre o mesmo discurso, não tem condições da mesma equipe jogar todos os campeonatos. Estamos dando preferência para Copa do Brasil e Libertadores, que é mata-mata, mas isso não quer dizer que estamos deixando o Brasileirão de lado, apenas temos que jogar com uma equipe diferente, mas sempre buscando a vitória."

O técnico falou também sobre Lincoln, que foi vaiado pela torcida aos ser substituído. “O Lincoln estava no profissional como se estivesse de férias. Um técnico, quando tem um garoto, tem que lapidar ele e ir soltando ele aos pouquinhos. Ele vem recebendo oportunidades, é um garoto de talento, acho que as vaias hoje foram exageradas. A equipe do Grêmio não jogou bem, mas foram exageradas.”

Na última quarta-feira, Pedro Geromel deixou o gramado lesionado, e a previsão de recuperação do atleta é de três semanas. Quanto ao substituto do zagueiro, Renato demonstrou confiança nos defensores reservas.

Confio no Bressan e no Bruno Rodrigo. Sempre que precisei, eles se saíram muito bem, como hoje. Uma hora antes vocês vão saber, o importante é que estou tranquilo, lógico que sinto a falta do Geromel, é difícil substituir um jogador como ele, mas infelizmente ele não pode jogar e felizmente tenho bons jogadores.”

O comandante gremista falou ainda sobre a situação de Miller Bolaños, que vem optando por não atuar: “O grupo gosta do bolanos, mas ele precisa se ajudar. Chances sempre dei a ele, conversei durante a semana, para vir para concentração e de repente ajudar nesse jogo, mas ele não está com a cabeça boa. Dificilmente não recupero um jogador, desde que ele queira. No momento que a cabeça não está no trabalho, tem que ver o real problema e tomar as providências devidas, mas isso é com a diretoria, eu tentei de todas as formas trazer ele de volta para o grupo."

Renato comentou também sobre a próxima partida da Copa do Brasil, quando o Grêmio enfrenta o Cruzeiro, no jogo de volta da semifinal, fora de casa: “Sempre confiei no meu grupo, independente de quem ou onde. Mais uma decisão, contra um grande adversário. Temos uma vantagem, apesar de pequena, mas temos. Vamos encarar o Cruzeiro, que sabemos que é um adversário poderoso. Vamos respeitar, mas impor nosso jogo."

Com a lesão de Geromel, Bressan é um dos possíveis substitutos. O atleta vem sendo contestado por parte da torcida tricolor, o que, para Renato, não é justo.

"As pessoas perseguem o Bressan por algo que não cometeu. A torcida sempre abraçou ele, uma ou outra pessoa que ficava em cima do muro. O importante é que ele tem minha confiança, tem a confiança do grupo."

Encerrando a coletiva, o técnico gremista falou sobre Beto da Silva: ”É um bom garoto, que, infelizmente, sofreu com lesões, mas apostamos bastante nele. É um jogador de qualidade, mas elas só vão aparecer quando ele tiver sequência de trabalho para buscar ritmo de jogo.”

VAVEL Logo