Após sequência de maus resultados, Milton Mendes é demitido do Vasco
Fotos: Carlos Gregório Jr/Vasco.com.br

Milton Mendes não é mais treinador do Vasco. No dia em que o clube completa 119 anos, o presidente Eurico Miranda confirmou a demissão do técnico, Valdir Bigode como interino e reiterou que é provável um novo comandante ser anunciado ainda antes do clássico contra o Fluminense, no próximo final de semana, pela próxima rodada do Campeonato Brasileiro.

Chegando ao Vasco em março deste ano, após a eliminação da equipe na Copa do Brasil e a queda de Cristóvão Borges, Milton Mendes mostrou desde o início ser um profissional gabaritado, inovado e com ideais interessantes para a reconstrução da equipe de São Januário. A torcida foi paciente, apoiou o treinador, mas a ausência de um esquema tático padrão e o excesso de mudanças no time titular, muitas vezes não entendidas pelo torcedor, fizeram com que o treinador não perdesse apenas a confiança dos adeptos, mas também o controle sobre o vestiário, segundo relatos de quem faz parte do dia a dia do clube.

Foram vinte e sete partidas à frente do Vasco, com onze vitórias, dez derrotas e seis empates. Campanha abaixo do esperado, ainda mais com o Cruzmaltino estando a disputar apenas uma competição na temporada.

Mesmo com a má fase, aparentemente a saída de Milton Mendes foi amigável, e o presidente vascaíno deixou as portas do clube abertas para o treinador, que foi também atleta do clube.

"Não houve solicitação a mim de demissão do treinador. Aliás, os que me conhecem sabem que as coisas não funcionam assim comigo. Minha decisão só aconteceu depois da conversa que tive com ele. Difícil eu tomar decisões conjuntas, mas essa foi. Melhor para o Vasco era a saída do Milton Mendes. Oficialmente estou comunicando que ele não é mais o treinador do Vasco", foram as palavras do presidente em entrevista coletiva.

De maneira pacífica, o treinador comentou: "Quero dizer que foram cinco meses, completos hoje, de momentos bons, e outros nem tanto. Saio com mais amigos do que entrei. Cheguei feliz e saio feliz. Conheci novos jogadores, pessoas interessantes que vou levar para vida. Foi um prazer enorme entrar no Vasco. E está sendo um prazer enorme sair, porque concluímos que o momento sem vencer era de fazer uma mudança".

Sobre o novo comandante da equipe, Eurico Miranda não deu muitas pistas, mas o nome mais citado até então é o de Zé Ricardo, que saiu recentemente do Flamengo. Alguns outros treinadores também foram especulados, mas muitos descartados pelo alto salário.  

VAVEL Logo