Miller Bolaños se reúne com dirigentes do Grêmio e saída do clube está mais próxima
(Foto: Divulgação/Grêmio)

Miller Bolaños se reuniu com a direção gremista nesta sexta-feira (25) e revelou seu desejo de ser negociado com outro clube. Em meio a uma série de lesões, muitos boatos surgiram sobre o jogador nas redes sociais. Na próxima semana, o empresário do equatoriano deve se reunir com a direção para tratar sobre o futuro do atleta. O Grêmio não quer ficar no prejuízo, desembolsou R$ 20 milhões para tirar Miller do Emelec. Um empréstimo também não é descartado, mas os dirigentes gremistas garantem que ainda não há proposta oficial, apesar dos rumores de suposto interesse do Tijuana-MEX. O jogador não joga uma partida oficial há 49 dias.

Contratado em fevereiro de 2016, Miller Bolaños chegou ao Grêmio como a solução dos problemas. Chegou como o terceiro melhor jogador da América e como o quinto jogador que mais marcou gols no mundo no ano de 2015.  Logo em sua estreia, em março de 2016 contra a LDU, Bolaños marcou seu gol na vitória por 4 a 0. Em sua segunda partida, um Gre-Nal, veio a primeira lesão. Após uma forte cotovelada de William, Miller teve seu maxilar fraturado.

Recém chegado na cidade e sem saber falar o idioma, amargou uma dolorosa recuperação se alimentando apenas de líquidos. Em abril, quando se recuperou, Miller demorou para conseguir ritmo e como o time estava encaixado, teve poucas oportunidades. O ponto alto de seu ano foi em dezembro quando marcou o gol na final da Copa do Brasil, diante do Atlético-MG, garantindo o título ao tricolor.

Em 2017, Miller Bolaños começou o Gauchão voando, sendo o destaque da equipe, dando a entender que este seria seu ano. Foi artilheiro do Campeonato Gaúcho com sete gols, ao lado de Brenner. Porém, quando vivia seu auge em Porto Alegre, veio uma nova lesão, desta vez na coxa direita, na partida contra o Guaraní pela Copa Libertadores. Após 65 dias de recuperação, Miller retornou aos gramados diante do Palmeiras, quando o Grêmio atuou com os reservas. Desta vez, o problema seria uma lesão no púbis, afastando o jogador dos gramados. Liberado pelo DM tricolor, Miller pediu alguma vezes para Renato não o relacionar para partidas, alegando estar sem confiança. Nesta sexta-feira, a história parece ter chegado ao fim, definitivamente.

Pelo Grêmio, Miller Bolaños marcou 15 gols em 45 partidas e está se despedindo sem justificar e demonstrar o porquê do grande investimento feito pelo tricolor.

VAVEL Logo