Após demissão de Givanildo, Santa Cruz anuncia terceira passagem de Marcelo Martelotte
Últimas passagens trazem boas lembranças para a torcida coral (Foto: Antônio Melcop / Santa Cruz)

O Santa Cruz vive uma péssima fase. Da esperança pelo acesso com a saída de Vinícius Eutrópio e a chegada de Givanildo Oliveira, veio a sequência de sete jogos sem vencer, dos quais seis foram derrotas de forma consecutiva. Esses resultados não só colocaram a Cobra Coral na zona de rebaixamento, como deram a Giva a incômoda marca de apenas 27% de aproveitamento e causaram sua demissão.

Além dos maus resultados, o futebol ruim foi uma marca no tempo em que Giva esteve no Santa. Com ele, o time fez 11 gols e tomou 17 e agora é uma das piores defesas do campeonato. A gota d'água para a demissão do histórico treinador tricolor, foi a derrota para o CRB nesse sábado (26), por dois a um, que impediu o time de sair do Z4

Com o pensamento de trazer o que já deu certo em campanhas passadas, a diretoria coral anunciou na manhã desse domingo (27), a contratação do técnico Marcelo Martelotte, que fará sua terceira passagem pela equipe coral. Na última vez que Martelotte dirigiu o time tricolor, o time conquistou o acesso para a Série A de forma surpreendente em 2015. Na primeira passagem também obteve sucesso, ganhando o estadual.

Apesar disso, os maus resultados na Copa do Nordeste e Pernambucano no ano seguinte, não permitiram que ele chegasse a comandar a equipe na elite do futebol nacional e em março de 2016 ele foi demitido depois da derrota para os reservas do Bahia. Contando todos os jogos, o treinador acumula um aproveitamento de 62%.

O último clube de Martelotte foi o Paraná, ainda em 2016, onde obteve cinco vitórias, cinco empates e oito derrotas, com um aproveitamento de 37%. No Santa, além da parte técnica, o treinador ainda terá que conviver com problemas financeiros graves e um elenco com salários atrasados há alguns meses.

VAVEL Logo