Comandante no clássico, Valdir Bigode valoriza vitória do Vasco: ''Pedi para fazerem o simples''
foto: Divulgação / Vasco da Gama

O Vasco da Gama buscando uma reação no Campeonato Brasileiro, conseguiu derrotar a equipe do Fluminense, pelo placar de 1 a 0, em um jogo bastante disputado. O auxiliar técnico Valdir Bigode, que estava à frente da equipe, elogiou a postura dos atletas em campo: ''Time forte, com posse, controle de jogo, bem nos contra-ataques''

''Só tem sorte quem trabalha de verdade e corrige erros. Se não fizer nada, a sorte não aparece. Como jogador, procurei dar meu máximo e, sempre que enfrentei times como o Fluminense, estava sempre mais concentrado. Hoje como treinador, não posso reagir, não posso correr na hora do contra-ataque. Sabíamos da dificuldade que íamos enfrentar. Pedi para fazerem o simples. Não procurei mudar'', comentou o auxiliar.

Perguntado sobre o que foi conversado com os atletas, Valdir foi cirúrgico: ''Tentei conversar com um, com outro. Mostrar que eles têm condições. Só dependia de nós. Tenho certeza de que milhares de pessoas estavam nos assistindo e torcendo''.

O que todos puderam ver foi a retomada do caminho das boas atuações do meia Nenê, que mostrou bastante empenho no decorrer da partida e isso não passou despercebido pelo auxiliar técnico, que não poupou elogios ao jogador.

''Nenê precisava, como todo jogador, de pessoas, em um momento conturbado. Conheço desde a chegada, sei dos sofrimentos, das dores. Pontuei as dificuldades e disse que se eu fosse o treinador ele ia jogar. E jogou. Deixou o campo morto. Fez tudo que podia fazer. Precisa de respeito, carinho e compreensão. Me ajudou muito. Ajudou muito o Vasco'', desabafou Valdir.

Vale ressaltar que o Cruzmaltino já contratou um novo comandante, Zé Ricardo, e Valdir já falou sobre o que o futuro companheiro de comissão técnica pode ter observado.

''Acho que o Zé Ricardo já viu muitas coisas hoje. Vou pontuar coisas de treinamento, posicionamento, onde o jogador gosta de ficar para render mais. Nenê teve liberdade, não precisou voltar tanto'', concluiu Bigode.

Buscando mais uma vitória para se reerguer no Campeonato Brasileiro, o próximo desafio do Gigante da Colina será contra o Grêmio, no próximo domingo (10), às 16h, ainda sem local definido, frisando que o Almirante será o mandante da partida.

 

VAVEL Logo