Claudinei comenta vitória sobre Chapecoense, projeta evolução e matemática da fuga ao Avaí
Claudinei completou quatro jogos seguidos de invencibilidade: (Foto: Jamira Furlani / Avaí FC)

O técnico Claudinei Oliveira concedeu entrevista coletiva após a vitória do Avaí por 1 a 0 sobre a Chapecoense, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. O embate serviu para unir as equipes na tabela de classificação. O Avaí chegou aos mesmos 25 pontos da Chape. O verdão do Oeste está em 16º lugar e os avaianos subiram para o 17º, ainda no Z-4, mas ultrapassando o São Paulo, que tem pontuação de 23.

Nas palavras de Claudinei Oliveira, a vitória do Avaí: "A Chapecoense tem muito volume de jogo, isto contra qualquer adversário. Teve jogadas com o Apodi, mas a maioria foi de bola parada, assim como as nossas. Como a do nosso gol. No jogo, nós tivemos já uma evolução no primeiro tempo, trazendo mais posse de bola. Tivemos o Pedro por dentro na flutuação no segundo tempo. O Dutra encostava mais ao Joel. Ele acabou se desgastando muito pela beirada."

Sobre a situação na tabela de classificação, Claudinei projeta o Avaí com uma matemática certeira. Além de projetar evolução, pediu a força da torcida na Ressacada. Citou que o São Paulo tem feito grande exemplo e que os times que foram punidos com portões fechados ou longe de seus domínios, decaíram. No caso do Vasco na Série A e do Goiás na Série B nacional.

"Ainda estamos dentro da zona do rebaixamento. Não podemos descartar nenhum time. Não vamos relaxar. Não é porque eu disse para fazermos sete pontos a cada quatro jogos, fizemos sete em três, mas não vamos a Recife para passear, para comer castanhas", afirmou sobre a projeção de chegar a 47 pontos e o foco na próxima rodada.

"A pressão continua, vai seguir, mas é aproveitar o momento para trabalhar, seguindo essa semana cheia para trabalhar. O resultado tem vindo. Vamos buscar a evolução, temos uma consciência muito grande. Então as coisas têm acontecido e vamos procurar aproveitar esse tempo."

O próximo jogo do Avaí é somente no dia 10 de setembro contra o Sport Recife no estádio da Ilha do Retiro. A partida ocorre às 16h00. Embalado, o Leão catarinense não perde há quatro partidas e espera manter a sequência positiva no torneio diante do Leão pernambucano.

VAVEL Logo