Rômulo fala sobre insatisfação na reserva: "Se disser que não me incomodo, estou mentindo"
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Embalado pela vitória sobre o Atlético-PR por 2 a 0, o Flamengo retornou à suas atividades na manhã desta segunda (28), no Ninho do Urubu. Os atletas que jogaram contra o clube paranaense fizeram atividades na academia e depois seguiram para o campo; lesionado, Réver também voltou aos gramados após ser poupado no final de semana. 

Ao final do treinamento, Rômulo foi o escolhido para conversar com os jornalistas presentes no CT. Em entrevista coletiva, o volante exaltou o estrelado grupo rubro-negro e teceu comentários sobre a 'volta por cima' da equipe carioca após a precoce eliminação na Libertadores.

"No começo do ano, nos criticaram muito por termos um elenco qualificado e termos saído tão cedo da Libertadores. Procuramos nos manter focados e, nesse mês de setembro, teremos jogos decisivos, nos quais vamos precisar do elenco. Com esses resultados, estamos com mais confiança dentro de campo. Consequentemente, isso ajudará o time", afirmou.

O camisa 27 do Flamengo também falou sobre o aguardado confronto contra o Cruzeiro, pela final da Copa do Brasil - o Rubro-Negro enfrenta a Raposa no jogo de ida do confronto no dia 7 de setembro, no Maracanã. Para Rômulo, é indispensável fazer uma boa preparação e manter o foco na conquista do título nacional.

"A gente sempre pensa (na Copa do Brasil), mas quando estamos nos preparando para um jogo sempre pensamos só no próximo. Acho que vão ser os dois jogos do ano. Campeonato que nos dá a vaga na Libertadores. Não tem como não pensar. mas sempre quando tem outra partida tem de esquecer e focar só na partida", completou.

Longe dos gramados por um grande período de tempo, o volante atuou por alguns minutos ao final da partida o Atlético-PR. Presença confirmada no banco de reservas do Flamengo, Rômulo não fez questão de esconder seu descontentamento com a situação no Rubro-Negro. 

"Não podemos escolher onde o treinador vai nos colocar, e sim onde ele irá precisar; seja de zagueiro, lateral ou meia. Quero estar jogando, trabalhamos aqui todos os dias para jogar. Se eu falar que não me incomodo (com a reserva), vou estar mentindo. Mas respeito meus companheiros e espero dar o recado dentro de campo se tiver a oportunidade", concluiu.

O Flamengo volta a campo na próxima quarta-feira (30), às 21h45. Em partida válida pela Primeira Liga, o Rubro-Negro enfrenta o Paraná diretamente de Cariacica, no Estádio Kleber Andrade.

VAVEL Logo