Reunião define empréstimo de equatoriano Miller Bolaños do Grêmio ao Tijuana
(Foto: Divulgação/Grêmio)

Após muitas lesões, pedidos para não ser relacionado e especulações, a novela Miller Bolaños chegou ao fim. O empresário do jogador, José Chamorro se reuniu na tarde desta terça-feira (29) no CT Luiz Carvalho com a direção do Grêmio para definir a situação do equatoriano. Logo após a reunião, Chamorro confirmou que Miller está mesmo de saída do tricolor. Seu destino será o Tijuana, do México. Bolaños vai para o time comandado por Eduardo Coudet por empréstimo de um ano, com opção de compra ao final do contrato estabelecido.

O clube mexicano pagará pouco menos de 500 mil dólares (R$ 1,5 milhão) pelo empréstimo, enquanto o valor fixado para compra está em 5 milhões de dólares (R$ 15,8 milhões).

Também ficou acertado na reunião uma ampliação no tempo de contrato de Miller com o Grêmio. Agora o vínculo que se encerraria em fevereiro de 2019, irá valer até dezembro do mesmo ano. Segundo Chamorro, Bolaños viajará para o México já na sexta-feira (1º) para realizar exames e se apresentar em seu novo clube: “Está fechado. Ele vai por empréstimo, com cláusula de compra fixada. Viaja para o México nesta sexta-feira.” – confirmou o empresário.

O vice-presidente de futebol do Grêmio, Odorico Roman, que estava presente no encontro, saiu sem conceder entrevista.

Miller Bolaños completou 50 dias sem atuar pelo tricolor, jogou pela última vez diante do Avaí, pelo Brasileirão, no dia 9 de julho. O jogador deixou claro que ele e sua família não estavam felizes em Porto Alegre, devido boatos sobre ele que circularam pelas redes sociais. Em um ano e meio de Grêmio, o equatoriano atuou em apenas 45 partidas, marcando 15 gols. Bolaños, que causou grande euforia em sua chegada, marcou gols importantes na conquista da Copa do Brasil e em 2017 só apareceu no Campeonato Gaúcho, sai pela porta dos fundos do clube.

VAVEL Logo