Prodígio do Grêmio, Pedro Rocha acerta ida ao Spartak Moscou

Após dois anos como profissional e titular do Grêmio, o atacante Pedro Rocha está de partida. O destino é o Spartak Moscou, da Rússia, que antes investia na contratação de Luan. O valor da negociação foi de € 12 milhões (cerca de R$ 45 milhões), e o jogador viaja já nesta segunda-feira (4) para realizar exames médicos.

Um dia antes do fechamento da janela, Grêmio Spartak Moscou precisavam concluir o acordo rapidamente, e é isso que foi feito. Os direitos econômicos do atleta são divididos: 70% para o Grêmio e 30% para o Diadema, clube formador.

De criticado a heroi do Penta

Contestado na maior parte de 2016, Pedro Rocha foi um exemplo de superação e crescimento dentro do elenco do Grêmio, demonstrando incrível evolução sob os comandos de Renato Portaluppi.

O roteiro era o mesmo: bola no atacante e gol perdido. Apesar disso, Renato foi insistente e ajudou o garoto, que demonstrou imensa evolução no poder de finalização, sendo hoje um dos grandes finalizadores do futebol brasileiro.

No final do ano, esteve entre os titulares na final da Copa do Brasil, e acabou assumindo a condição de heroi, marcando dois gols contra o Atlético-MG no Mineirão, na vitória por 3 a 1.

Titular de ouro e decisivo na Libertadores

Em 2017, "PR32" seguiu entre os titulares e virou peça chave no time titular, exercendo a função de marcador pelo lado esquerdo, ajudando Bruno Cortez e os volantes, marcando presença atrás e efetuando diversos desarmes.

Na Libertadores, provou-se decisivo, marcando gols importantes contra o Guaraní-PAR e o Godoy Cruz, em um jogo onde fez duas vezes e carimbou a vaga às oitavas de final.

Pedro Rocha viaja nesta segunda-feira (4) para a Rússia para assinar o contrato por 5 anos.

VAVEL Logo