Criação da base: jovem Patrick se destaca pelo Grêmio e atrai atenção de torcedores
Patrick comemorando após o time gremista marcar um gol no sub-20(Divulgação / Grêmio FBPA)

Muito se tem discutido, recentemente, acerca de quem vai substituir Luan numa provável saída do atacante para a Europa ano que vem. Por esse motivo, o time do Grêmio decidiu subir o jovem Patrick de apenas 18 anos, que era da base e é chamado de “novo Luan”, por conta do seu estilo de jogo parecido com o do camisa 7.

O jovem se destacou pelo sub-20 gremista, onde atuou em vinte partidas e anotou quatro gols pelo clube. Apesar de recém ter subido a equipe principal, o canhoto mostra muita desenvoltura tecnicamente e até mesmo individualmente. Na segunda-feira (28), foi chamado por Tite para completar o treino da Seleção Brasileira e acabou se emocionando por conta de estar realizando um sonho de infância,

Ontem (30), na partida válida pela Primeira Liga contra o Cruzeiro , Patrick foi relacionado entre os titulares e chamou a atenção dos torcedores que estavam à espera de vê-lo atuar em campo por mais tempo. Durante todo o primeiro tempo, distribuiu bons passes e foi o melhor jogador do Grêmio, criando boas jogadas no ataque e chamando a responsabilidade.

Infelizmente no início do segundo tempo, Patrick sentiu uma lesão na perna esquerda e deu lugar a Dudu. Mas sua atuação durante os 45 minutos iniciais ajudou muito ao torcedor gremista ver o potencial que o menino tem e pode alcançar futuramente. Certamente, Renato Gaúcho não estava falando da boca para fora quando disse sobre o potencial que o jovem tem, pois notou-se que o técnico gremista ainda tem cautela em colocá-lo em campo, prezando sua evolução como jogador profissional.

Pode-se afirmar que Patrick está sendo pouco a pouco lapidado, para que ganhe uma certa experiência tática e mental, pois se cria uma expectativa grande no que ele tem a fazer dentro das quatros linhas. Resta agora esperar pelas oportunidades que ele vai receber, pois o apoio do torcedor em vê-lo jogar já está garantido. Se houve uma perda com a transferência de Pedro Rocha ao clube russo Spartak Moscow, pode-se ter um ganho uma nova joia a ser lapidada, que seria o menino da camisa número 43.

VAVEL Logo