Grêmio busca encurtar distância do Corinthians em duelo contra Sport
Foto: Williams Aguiar/Sport Recife

Em jogo atrasado da 22ª rodada do Campeonato Brasileiro, Grêmio e Sport se enfrentarão neste sábado (2), na Arena do Grêmio, às 16h. No primeiro turno, a vitória foi do time pernambucano, por 4 a 3, depois de sair perdendo por 2 a 0, com grande atuação do atacante André. A arbitragem da partida ficará por conta de André Luiz de Freitas Castro, que será auxiliado por Fabrício Vilarinho e Leone Carvalho.

Na segunda colocação do Brasileirão, mesmo com um jogo a menos, o Grêmio tem sofrido nos últimos jogos em casa por priorizar outras competições, poupando assim seus principais jogadores. E mesmo jogando com os titulares, como contra o Atlético-PR, o time teve dificuldades e não conseguiu sair do empate. Se vencer, o time gaúcho diminuirá a diferença para sete pontos do líder Corinthians.

A ordem pelas bandas da Ilha do Retiro é esquecer os últimos quatro jogos em que o time não conseguiu vencer. Para isso, o Sport se apega ao retrospecto contra o Grêmio nas últimas partidas. São cinco partidas sem perder para o Imortal, sendo quatro vitórias seguidas. O time rubro-negro espera vencer, para assim voltar ao G6, que é a pretensão da equipe para a temporada.

Imortal cheio de desfalques para duelo contra o Sport

O Grêmio sofrerá com desfalques importantes para a partida contra o Sport. Cinco dos considerados titulares não poderão ir para o jogo. Enquanto Geromel ainda se recupera de lesão na coxa direita, Maicon está fora pelo resto da temporada após cirurgia e os atacantes Luan e Barrios estarão servindo as suas seleções. Já Pedro Rocha foi vendido ao Spartak Moscou, como forma de equacionar as contas gremistas.

Buscando uma solução para isso, o técnico Renato Gaúcho deve usar o lateral Léo Moura mais adiantado, na função que seria originalmente de Pedro Rocha. O experiente jogador já atuou nessa posição em outros jogos e não deve comprometer a produção ofensiva do time. As outras substituições no ataque serão Fernandinho, que se tornou uma espécie de 12º jogador e Everton no lugar de Barrios no comando de ataque.

Moura é jogador de confiança de Renato Gaúcho (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)
Léo Moura é jogador de confiança de Renato Gaúcho (Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA)

Com Moura adiantado, a vaga da lateral-direita deve ficar com Edilson, enquanto Michel, que atuou em vários jogos na temporada, não deve ter problema para assumir a vaga de Maicon. Mas a maior preocupação está na substituição de Geromel. Além de estar substituindo um dos zagueiros cotados para a seleção, a permanência do zagueiro Bressan não passa confiança para a torcida gremista.

Para o restante do time, Renato manterá a base titular que vem atuando nas competições que o comandante tricolor tem dado prioridade. Com isso, o time titular do Grêmio deve ser composto por: Marcelo Grohe; Edilson, Bressan, Kannemann e Cortez; Michel, Arthur e Ramiro; Fernandinho, Léo Moura e Everton.

Alterações no time para voltar a vencer

Os doze dias de descanso que o time rubro-negro teve desde a derrota contra o Cruzeiro, no Mineirão, serviram para o técnico Vanderlei Luxemburgo testar opções para mudar o time que não tem conseguido vencer os últimos jogos. Serviu também para ver a atual condição fisíca e técnica de Wesley, pedido do treinador que chegou na última semana.

O técnico viu, testou e decidiu. O meia será sim titular na ponta-esquerda, mas com a função de ajudar Diego Souza na armação de jogadas da equipe leonina. O meia não atua desde o clássico contra o Santos, ainda no mês de julho, pelo São Paulo, quando jogou por apenas oito minutos, o que possivelmente, o impedirá de atuar durante os 90 minutos.

Se vencer, Leão voltará ao G6 (Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife)
Se vencer, Leão voltará ao G6 (Foto: Williams Aguiar / Sport Club do Recife)

Outra alteração foi confirmada nessa sexta-feira (1). O volante Anselmo entra na vaga de Patrick, numa mudança que Luxa alegou ser por características dos jogadores. "Na quarta, trabalhei com Rithely atrás e Patrick e Wesley mais à frente. Patrick, como a equipe, não vem bem. Anselmo é um volantão mesmo, que fica por trás, precisava ter ele. Por isso optei por ele".

Mena, que está servindo a seleção chilena, é outro que não joga. Automaticamente, a vaga fica com seu reserva imediato Sander. Portanto, o time escalado por Luxemburgo vai a campo com: Magrão; Samuel Xavier, Henriquez, Ronaldo Alves e Sander; Rithely, Patrick e Diego Souza; Wesley, Osvaldo e André.

VAVEL Logo