Após retornar de lesão, Sornoza admite estar sem condições de atuar por 90 minutos
Foto: Divulgação/Fluminense FC

Após três meses lesionado, o meia Sornoza retornou ao gramado na última quarta-feira (30), na derrota para o Londrina, pela Primeira Liga. O equatoriano atuou por 45 minutos e apesar do resultado negativo saiu de campo satisfeito. Nesta segunda-feira (4), o camisa 20 do Fluminense deu a primeira coletiva desde a fratura no tornozelo esquerdo, no fim de maio.

"Antes do jogo, eu estava nervoso, não sabia se iria sentir dor. Não sabia se iria conseguir correr atrás da bola. Os companheiros me ajudaram. Não senti nada de dor, não senti medo. Estou 100% para voltar a jogar", disse Sornoza.

Recuperado de lesão, Sornoza admitiu não sentir mais dores, mas lembrou que ainda é cedo para atuar por 90 minutos. O equatoriano ainda busca recuperar o ritmo de jogo, já que ficou mais de três meses fora dos gramados.

"Creio que ainda não (atuar os 90 minutos), mas eu estou bem. Fisicamente não tenho condições, mas mentalmente estou bem. Isso é fundamental. Os meus companheiros têm um ritmo de jogo, de Campeonato Brasileiro, e isso leva algum tempo para recuperar", explicou.

Foto: Divulgação/Fluminense FC
Foto: Divulgação/Fluminense FC

Confira mais trechos da entrevista coletiva:

Retorno contra o Londrina

"Eu me sinto muito bem. Depois da recuperação, na qual passei 3 meses fora do campo, fiquei feliz. Creio que fiz um bom trabalho para ter sido o primeiro jogo"

Superstição de Abel Braga em poupá-lo contra o Atlético-MG

"A verdade é que o treinador teve a sua lógica. Se tivesse acontecido, ele poderia se sentir culpado. Estou bem agora. O treinador e o grupo me receberam muito bem. Espero voltar com muita força para poder ajudar"

Tempo fora dos gramados

"É muito difícil. O jogador gosta é de jogar, de se divertir dentro de campo. É difícil. Eu quero agradecer ao departamento médico por ter me ajudado e me incentivado a voltar"

Apoio da torcida durante o tempo lesionado

"Quero agradecer. Quando me machuquei, todos os torcedores me acolheram. Foi o que senti. Muitos mandaram mensagem para me ajudar na recuperação"

Recuperação no Campeonato Brasileiro

"Brasileirão é complicado. Qualquer time pode ganhar. É um campeonato difícil. Temos de diminuir os erros para alcançar o nosso objetivo"

VAVEL Logo