Embalado por série positiva nas Eliminatórias, Brasil busca seguir 100% com Tite contra Colômbia
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Tabu histórico e sequência empolgante. Classificado à Copa do Mundo, o Brasil busca continuar com o retrospecto de nunca ter perdido para a Colômbia em confrontos oficiais e somar o décimo jogo sem perder sob o comando de Tite nesta terça-feira (5), às 17h30 (de Brasília) pela 15ª rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2018 no estádio Metropolitano, em Barranquilla.

As equipes se enfrentaram no primeiro turno, em Manaus, há cerca de um ano. Na Arena da Amazônia, a Canarinho passou por dificuldades, mas saiu com a vitória ao levar a melhor por 2 a 1. Na última partida, a Amarelinha duelou com o Equador na Arena do Grêmio e bateu por 2 a 0, disparando na liderança com 36 pontos. Os Cafeteros, por outro lado, empataram sem gols contra a Venezuela e ficaram de vice-líderes com 25 pontos ganhos.

James é dúvida e Pekerman faz mistério na Colômbia

Visando aproximação de vaga ao Mundial da Rússia, a Colômbia tem a objetivo de dar fim ao tabu histórico do Brasil e superar baixas que são de suma importância à equipe titular. Apesar de ainda não haver uma definição de quem vai a campo, o técnico José Pekerman sabe que tem o mistério como principal trunfo.

Desfalques no empate sem gols contra a Venezuela, James Rodríguez e Téo Gutiérrez se recuperam de lesão sofrida durante a pré-temporada. James é mais cotado de iniciar entre os reservas, com Chará seguindo de titular, enquanto que Téo recupera a vaga no time, atuando junto a Falcao.

Titular contra Venezuela, Zapata destaca importância de neutralizar Neymar (Foto: Marcos Colina/Getty Images)
Titular ante Venezuela, Zapata destaca importância de neutralizar Neymar (Foto: Marcos Colina/Getty Images)

Ciente da boa fase vivida por Neymar, inclusive na Seleção, o treinador dos Cafeteros vai reforçar a marcação individual com o lateral-direito Arias. Zagueiro do Milan e já confirmado entre os 11, Zapata enaltece o momento do camisa 10 da Canarinho, citando a importância de todo o sistema defensivo neutralizá-lo.

"Será uma prova para todos, mas em especial para nós, da defesa. Eles têm jogadores de nível mundial e que podem desequilibrar a qualquer momento. O principal nome é Neymar, um dos melhores atualmente e que vive uma excelente fase. Vamos precisar pará-lo para que a gente possa sair com a vitória", declarou o defensor colombiano.

Tite define Brasil com quatro mudanças

Motivado. Assim vai o Brasil para o décimo jogo sob o comando de Tite nas Eliminatórias, tentando manter a invencibilidade com o técnico. De 12 confrontos pela Seleção, foram 11 vitórias - nove no classificatório - e uma derrota, sendo duas sobre os colombianos. Ainda que já tenha a vaga na Copa do Mundo e a liderança assegurada, a Canarinho tenta manter a boa fase.

Duas mudanças em relação ao time que derrotou o Equador em Porto Alegre são certas. O zagueiro Miranda, lesionado, e Marcelo, suspenso, foram cortados da relação e sendo substituídos por Jemerson e Alex Sandro, respectivamente. Na defesa, quem ganha um espaço é Thiago Silva, enquanto Filipe Luís vai para a lateral.

Atuação contra Equador faz Willian permanecer de titular no Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Boa atuação diante do Equador faz Willian permanecer como titular no Brasil (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

Em treinamento realizado ainda no Brasil, em Manaus, o comandante fez testes com Fernandinho na vaga de Casemiro e Roberto Firmino na de Gabriel Jesus. A tendência, inclusive, é de que isso ocorra diante dos Cafeteros, bem como a permanência de Willian entre os 11 e Coutinho como opção no banco.

"Willian permanece, foi bem no outro jogo e Coutinho está fisicamente para jogar 90 minutos. Posso contar com ele em parte da partida. Está bem fisicamente, mas tecnicamente é diferente. Mantendo posições e funções, mas com pequenas diferenças de características, vamos dar o máximo de fortalecimento", declarou o treinador brasileiro.

VAVEL Logo