Roberto Fernandes exalta luta do Náutico em jogo com CRB: "Jogamos perto do limite"
Timbu, inclusive, conquistou primeiro ponto fora de casa no comando de Roberto na Série B (Foto: Léo Lemos/Náutico)

Em novo confronto direto pela 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, Náutico e CRB se enfrentaram na casa do time alagoano e acabaram empatando por 2 a 2. Para o Timbu, o resultado teve gosto amargo, pois esteve duas vezes à frente do placar, mas ficou mais uma vez sem vencer fora de casa.

O técnico Roberto Fernandes fez questão de ressaltar toda a luta dos seus comandados, já que jogou com muitos desfalques e brigou até o fim para vencer, jogando, inclusive, perto do limite, segundo assegurou o treinador alvirrubro. Roberto também elogiou o fato de terem pego o espírito da competição nacional.

"Eles hoje entendem que não basta só bola no pé, Série B hoje em dia é muita intensidade. Jogando fora de casa, demonstramos toda nossa capacidade e jogamos perto do limite. Apesar dos desfalques, eu volto a valorizar todos os que jogaram e deram tudo de si em campo", disse Fernandes.

O segundo gol regatiano saiu depois de falha do goleiro Jefferson, que até então vinha fazendo grande partida em Maceió, sendo por diversas vezes o herói. Essas boas atuações têm se repetido nos últimos duelos, que fez o comandante da equipe de Rosa e Silva dar maior respaldo ao jovem arqueiro.

"Infelizmente isso acontece, ele vai falhar como qualquer outro goleiro. Grande lance é a forma como ele está entrando na equipe, pois o time está em uma situação que, como não tenho outra palavra para utilizar, é desesperadora mesmo. Um ponto na tabela pode fazer a diferença", comentou, analisando a tabela e os adversários diretos na luta contra o rebaixamento.

"Se a gente soma os três pontos, cairia para apenas seis pontos para a saída, com um jogo em casa e um detalhe: todos os adversários que já estão na nossa frente, na luta, jogam fora de casa. Então já na próxima rodada, diferença poderia estar caindo para uns quatro pontos e com oito jogos pela frente", encerrou.

VAVEL Logo