Vasco empata diante do Coritiba e tem sequência de vitórias interrompida no Brasileiro
Nenê tentou reivindicar o gol contra de Galdezani para si, mas na súmula consta que foi realmente gol contra (Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br)

Neste sábado (21) o Vasco recebeu o Coritiba no Maracanã e empatou por 1 a 1, Matheus Galdezani marcou gol contra a favor do cruzmaltino e Rildo empatou na segunda etapa.

Com o empate, o Vasco somou mais um ponto na tabela de classificação e chegou a 43 pontos se mantendo na oitava posição. Já o Coritiba chegou aos 32 pontos na 18ª colocação, a apenas um de sair da zona do rebaixamento.

Vasco domina primeiro tempo e tira o pé do acelerador

A equipe de Zé Ricardo começou a partida dominando o jogo como era de se esperar, com maior posse de bola as chances criadas eram do Vasco, principalmente com Mateus Vital e Nenê. Apesar de ter a bola, as chances criadas eram pouco perigosas ao gol de Wilson. 

O primeiro lance de perigo da equipe cruzmaltina foi com a chegada de Mateus Vital pelo flanco esquerdo após bom passe de Nenê, Vital cruzou para o centro da área e Pikachu quase completou para o gol, Cléber bloqueou a finalização de Pikachu e colocou para escanteio. 

Numa cobrança de escanteio de Nenê 5 minutos depois, Matheus Galdezani acabou desviando contra o próprio gol, Vasco 1 a 0. A partir de então, o Vasco tirou o pé do acelerador e esperou o Coritiba que também não buscava o gol na primeira etapa. A equipe da colina poucas vezes chegou até o fim da primeira etapa, e quando chegava via a defesa do Coritiba conseguir bloquear todas as jogadas. 

Vasco desorganizado e Coritiba determinado

O segundo tempo começou com a promessa de ser mais agitado, e logo aos 3 minutos o volante Wellington pegou de primeira um rebote de escanteio, a bola passou próxima ao gol de Wilson. Dois minutos depois Yago Pikachu arriscou para o gol, a bola sobrou para Ríos dividir com Wilson, o atacante argentino rolou para Wellington que finalizou sozinho mas Wilson foi buscar, uma ótima defesa do goleiro alviverde. 

Aos 16 minutos da segunda etapa Mateus Vital recebeu de Wellington sozinho pela intermediária e finalizou firme, o goleiro Wilson fez boa defesa colocando a bola para escanteio. A partir de então o Vasco não incomodou mais o Coritiba, e nisso Rildo viu chance para aparecer na partida. Rildo recebeu pela meia-esquerda e levou para o centro, deixou Jean no chão com um belo drible e chutou para o gol, a bola desviou em Breno e matou qualquer chance de reação de Martín Silva, Vasco 1 a 1 com o Coritiba. 

Depois do gol do Coritiba o time cruzmaltino por meio de Zé Ricardo efetuou várias alterações buscando o gol de desempate, mas elas pouco surtiram efeito. Com muita vontade mas sem organização nenhuma, o Vasco não criou praticamente nada até o apito final chegando até a ser incomodado pelo Coritiba. 

Nos acréscimos do segundo tempo, Breno cometeu uma falta e reclamou de maneira acintosa com o juiz Raphael Claus, o árbitro acabou por dar vermelho direto à Breno que está fora da partida contra o Flamengo. O Coritiba quase virou a partida depois de bom cruzamento de Iago Dias para Henrique Almeida, o centroavante do Coxa não conseguiu direcionar bem o cabeceio e a bola acabou saindo. A última chance do jogo foi aos 50 minutos com Anderson Martins cobrando falta que desviou na barreira e saiu pela linha de fundo.

VAVEL Logo