Grêmio tem retrospecto positivo contra equatorianos em Libertadores
Foto: Lucas Uebel/Grêmio

A busca do Tricolor pelo tri da América continua nesta próxima quarta-feira, dia 25. O adversário é o Barcelona de Guayaquil, do Equador, pela semifinal. O time gaúcho vai para o confronto com retrospectivo positivo sobre times equatorianos em Libertadores. Nas 17 edições que o Tricolor participou da competição enfrentou clubes do Equador em oito oportunidades, tendo seis vitórias, um empate e uma derrota, o que confere 79,1% de aproveitamento.

Os primeiros duelos foram em 1995, ano em que o clube gaúcho sagrou-se bicampeão da competição. Na oportunidade, Grêmio e Palmeiras dividiram o Grupo 4 com dois equatorianos: Emelec e El Nacional. Dos quatro duelos, dois contra Emelec e dois contra El Nacional, o Tricolor venceu três e empatou um.

14/03/1995 – Emelec 2 x 2 Grêmio

17/03/1995 – El Nacional 1 x 2 Grêmio

30/03/1995 - Grêmio 4 x 1 Emelec

07/04/1995 - Grêmio 2 x 0 El Nacional

Os outros quatro jogos foram contra a LDU. Em 2013, disputando uma vaga na fase de grupos da Libertadores as equipes fizeram duas partidas, resultando em uma vitória para cada lado, o que levou a decisão para os pênaltis. O Grêmio converteu 5 cobranças, contra 4 da LDU e acabou ficando com a vaga.

23/01/2013 – LDU 1 x 0 Grêmio
30/01/2013 – Grêmio 1 x 0 LDU

Em ocasião mais recente, o Tricolor dividiu o Grupo 6 da Copa Libertadores de 2016 com a equipe de Quito. Desta vez o Grêmio se saiu melhor nos dois duelos, dos quais saiu vitorioso.

03/03/2016 – Grêmio 4 x 0 LDU

13/04/2016 – LDU 2 x 3 Grêmio

Já contra o adversário da semifinal, o Grêmio duelou pela edição da Copa Sul-Americana de 2012. A partida também era decisiva, valendo vaga nas quartas de final da competição daquele ano. O Tricolor venceu a partida de ida por 1 a 0 e a de volta por 2 a 1, garantindo a classificação. As duas equipes voltam a campo na quarta-feira (25), às 21h45, para fazer o primeiro jogo que decide quem fica com a vaga na final da Libertadores 2017.

VAVEL Logo