Carpegiani avalia postura diante do Fluminense e convoca torcida para próximo jogo em Salvador
(Fotos: Marcelo Malaquias / EC Bahia)

Em partida válida pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Bahia saiu na frente, mas cedeu o empate ao Fluminense, neste domingo (29), no Estádio do Maracanã e a partida terminou em 1 a 1. Em entrevista coletiva, o técnico Paulo César Carpegiani avaliou o desempenho da equipe e o motivo por não ter feito um resultado melhor.

"Não conseguimos encaixar o último passe, naquele último terço do campo. Tivemos dificuldades. No segundo tempo resolvi preencher mais o meio. Nivelamos o jogo e as oportunidades ficaram escassas. O Fluminense teve a posse de bola, mas em termos de oportunidades, não teve claridade. Fico satisfeito pelo empenho, disposição", avaliou o treinador que, além disso, comentou sobre a sequência de jogos realizada pelo Tricolor e o jogo da rodada seguinte, contra a Ponte Preta:

"Estamos em uma sequência de jogos difíceis. Cinco jogos, três fora, contra equipes de nível excelente. Fizemos oito de quinze pontos. Agora vamos para o mais importante, que é o jogo contra a Ponte. Temos nosso 12ºjogador, e será fundamental fazer o dever de casa, para na outra partida, fora, definir nossa situação", disse. 

Na volta da equipe para o segundo tempo, Carpegiani substituiu o meia Régis pelo volante Matheus Sales, expulso na reta final da partida. O treinador explicou a alteração, que mudou o esquema tático da equipe, e explicou que precisava melhorar a marcação no meio-campo.

"Não gosto muito, não sei armar isso [retranca]. Mas quando a partida requer isso, tenho que tomar a iniciativa. Gosto de time que agride o adversário, imposição de uma maneira de jogar sobre a outra. Não posso correr risco sempre (...) Gosto de ser agressivo, tentar jogar, mas as vezes a equipe pede outra coisa e tenho eu tomar a iniciativa. No primeiro tempo o Fluminense tinha jogadas pelos lados, tive que tirar o Régis para assentar um pouco. E no segundo tempo o Fluminense não teve oportunidades", pontuou.

Na próxima rodada, o Esquadrão de Aço encara a Ponte Preta, no domingo (5), às 18h (Horário de Brasília), na Fonte Nova. Para esta partida, Carpegiani conta com o retorno do atacante Mendoza, que cumpriu suspensão nesta rodada. No entanto, o comandante tricolor aproveitou o ensejo para convocar a torcida, pois segundo ele, é o principal reforço da equipe nesta reta final de campeonato.

"Conclamamos a torcida de novo. Essa torcida pode esperar que vamos tentar vencer de todas as formas. Não vou medir esforços. Faltam sete jogos. Fundamental fazer o dever de casa, respeitando a Ponte. Venceu o Corinthians em casa e serve de alerta. Mas vamos buscar esse resultado", disse.

VAVEL Logo