Dependendo apenas de si para ser campeão, Palmeiras inicia contra Cruzeiro caça à liderança
Cruzeiro e Palmeiras se encontraram nas quartas de final da Copa do Brasil, e a Raposa se deu bem (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

Durante boa parte do Campeonato Brasileiro deste ano, as disparadas do Corinthians indicaram que o título tinha tudo para acabar com o Timão. No entanto, a "gordurinha" que o clube alvinegro juntou para queimar está ameaçada. Atrás do time de Fábio Carille, líder, o Palmeiras chega com força total e foco na caça ao rival pela taça do Brasileirão. Para isso, precisa bater o Cruzeiro nesta segunda, às 20h, na Arena Palmeiras, pela 31ª rodada da competição.

O Porco é o segundo colocado, com 53 pontos, enquanto o Corinthians lidera, com 59. Se vencer a Raposa, o time alviverde diminuirá a diferença para o Timão para apenas três pontos, já que o rival alvinegro perdeu para a Ponte Preta por 1 a 0 na rodada. E mais, no próximo domingo, Palmeiras e Corinthians fazem duelo direto, o que pode mudar a ponta do Brasileirão.

Que o jogo desta segunda é importantíssimo para o Porco, não há dúvidas. Do outro lado, o Cruzeiro vive uma situação de poucas ambições no torneio: não corre risco de cair, não depende do campeonato nacional para chegar à Libertadores, na qual tem vaga garantida, tampouco sonho com o título do Brasileirão. A equipe celeste é a sexta colocada, com 47 pontos.

O Cruzeiro vem de duas derrotas consecutivas no campeonato: 1 a 0 para o Coritiba e 3 a 1 para o rival Atlético-MG no Mineirão. Já o Palmeiras vem de três triunfos, contra Atlético-GO (3 a 1), Ponte Preta (2 a 0) e Grêmio (3 a 1). Nesta segunda, apita Heber Roberto Lopes (SC), auxiliado por Helton Nunes (SC) e Thiaggo Americano Labes (SC). 

Sonho alviverde: Palmeiras depende apenas de si para ser campeão

Não é utopia: o Palmeiras depende apenas das suas próprias pernas para desbancar o rival Corinthians na busca pelo título do Brasileiro. Se o Porco vencer os dois próximos jogos, um nesta segunda contra o Cruzeiro e outro no próximo domingo justamente contra o Timão, assume a ponta da tabela já em reta decisiva do torneio.

O técnico alviverde, Alberto Valentim, tem uma baixa certa para o jogo frente à Raposa. Suspenso, o meia Bruno Henrique não vai atuar nesta segunda e pode ser substituído por Jean, Felipe Melo, Thiago Santos ou Arouca. Bruno foi titular dos últimos quatro jogos da equipe.

No departamento médico do Palmeiras, seguem os meias Alejandro Guerra, com uma luxação no ombro, Michel Bastos, com uma inflamação no joelho, além do atacante Willian, com edema muscular na coxa. No caso dos meias, ambos já iniciaram a transição. 

O técnico Valentim está sucedendo Cuca no comando técnico do Palmeiras de forma interina e, até então, conquistou três vitórias em três jogos. A equipe alviverde chega embalada para enfrentar a Raposa em casa, com resultados positivos em sequência. Valentim apontou que a metodologia do Porco tem sido percebida na prática.

"Temos que melhorar nossa forma de nos preparar para o jogo, e tem sido uma resposta muito boa. Com pouco tempo, mas com muita atenção, conseguimos levar o time da teoria para a prática. Isso é muita concentração do jogo a jogo. Vai ser uma rodada diferente, lógico. Mas não vai mudar, estamos focado em melhorar e no Cruzeiro", comentou.

O Palmeiras deve começar nesta segunda com Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho (Mina) e Egídio; Jean (Thiago Santos), Tchê Tchê e Moisés; Keno, Dudu e Borja.

Com baixas e retorno de Robinho, Cruzeiro encara Palmeiras fora de casa

O título na Copa do Brasil deu certa tranquilidade ao Cruzeiro para prosseguir com sua participação no Campeonato Brasileiro. A equipe, apesar de ter vaga garantida na Libertadores de 2018, segue dentro da zona de acesso ao torneio continental e, inclusive, está abrindo outra vaga via Brasileirão por não poder se classificar de duas formas.

Ainda assim, quanto mais alto a Raposa terminar no torneio, melhor. Nesta segunda, contra o motivado Palmeiras, Mano Menezes não contará com o volante Hudson, que sofreu uma lesão grau quatro no adutor da coxa direita e só retornará no ano que vem. Em seu lugar, deve jogar o argentino Lucas Romero.

+ Hudson sofre grave lesão, vira desfalque para Cruzeiro em 2017 e só retorna no ano que vem

O meia Alisson, poupado por dores no joelho e na coxa, não treinou com a equipe na preparação para o jogo contra o time alviverde, está fora e será substituído por Arrascaeta. O atacante Rafael Sóbis, com dores nas articulações, é outra baixa. O camisa 7 da Raposa, inclusive, foi o principal nome do mercado celeste na última semana, uma vez que o Querétaro, do México, demonstrou interesse no atleta. Em sua vaga, joga Rafael Marques, velho conhecido dos paulistas. 

Rafael Sóbis interessa a clube mexicano e pode sair do Cruzeiro ainda nesta temporada

Com dores musculares na panturrilha, o zagueiro Léo é desfalque para os mineiros. Com isso, segue a dupla Manoel e Murilo no time celeste. Apesar das ausências, o Cruzeiro conta com o retorno de Robinho, que machucou a coxa ainda no jogo de ida da final da Copa do Brasil, contra o Flamengo. Ele foi relacionado, mas deve começar no banco de reservas. Outra novidade da lista de Mano é o atacante Jonata, do grupo sub-20 da Raposa, que comemorou a oportunidade de se juntar aos profissionais do clube.

“Tenho pouco tempo de casa e consegui fazer um bom trabalho, com muita dedicação e muito esforço. O trabalho feito na base me credenciou a estar nessa semana treinando no profissional. Ser relacionado para o jogo é uma emoção que não dá para descrever, um sonho de qualquer moleque da base de jogar no profissional do Cruzeiro e vestir essa camisa vitoriosa", pontuou o garoto de 19 anos.

A Raposa deve começar com Fábio; Ezequiel, Manoel, Murilo e Diogo Barbosa; Henrique, Lucas Romero; Rafinha, Thiago Neves e Arrascaeta; Rafael Marques.

Confira a lista de relacionados do Cruzeiro

Goleiros: Fábio, Lucas França e Rafael
Laterais: Bryan, Diogo Barbosa, Ezequiel e Galhardo
Zagueiros: Arthur, Digão, Manoel e Murilo
Volantes: Henrique, Lucas Romero, Lucas Silva e Nonoca
Meias: Arrascaeta, Elber, Messidoro, Rafinha, Robinho e Thiago Neves
Atacantes: Jonata e Rafael Marques

VAVEL Logo