Elias escapa de gancho por chamar árbitro de 'fraco' e fica à disposição para encarar Santos

O volante Elias está liberado para atuar nos próximos jogos do Atlético-MG. Julgado na tarde desta terça-feira (31), o jogador foi apenas advertido pela comissão disciplinar do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). Ele foi denunciado por ter chamado de 'fraco' o árbitro André Luiz de Freitas de Castro, no empate por 1 a 1 contra o Avai, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Na súmula da partida, o juiz relatou os xingamentos de Elias. O volante foi expulso aos 42 minutos do segundo tempo por receber o segundo cartão amarelo.  “Ao ser expulso, o atleta disse a mim as seguintes palavras: ‘Você é fraco, eu não vou sair!’. Então informei ao atleta que acionaria o policiamento para retirá-lo. Quando fiz o gesto para acionar o policiamento, ele resolveu sair e disse as seguintes palavras: ‘Você é muito fraco, esconde atrás do policiamento e do cartão!’. O mesmo atravessou lentamente todo o campo em direção ao vestiário de sua equipe, retardando o reinício do jogo”, reportou o árbitro, na súmula da partida.

A denúncia por ofensa contra a arbitragem foi desqualificada e convertida em advertência. Dessa forma, o volante recebeu a pena mínima de uma partida de suspensão, que foi cumprida na derrota por 3 a 1 em casa, contra o Vitória. A decisão foi unanime, mas cabe recurso. 

A procuradora Natalie Lassance foi a responsável pela acusação. Relator do processo, Francisco Honório de Lima Filho discordou. “Voto pela desclassificação para o artigo 258 e, tendo em vista a primariedade do atleta, aplico uma partida de suspensão convertida em advertência”, disse, em argumento seguido pelos demais auditores.

Assim, o meio-campista atleticano atuará normalmente nas próximas partidas do Atlético. A tendência é que o volante siga entre os titulares no jogo contra o Santos, marcado para as 17h deste sábado (4), pela 32ª rodada do Brasileirão, na Vila Belmiro.

VAVEL Logo