Abel antecipa time titular e prega confiança para Fla-Flu: "Estamos prontos"
(Foto: Nelson Perez/Fluminense FC)

São sete clássicos no ano, nenhum com vitória do Fluminense. E no oitavo, a chance da redenção. O último Fla-Flu do ano acontece nesta quarta-feira (1º), às 21h45, no Maracanã, pelas quartas de final da Copa Sul-Americana, com status de clássico mais importante da temporada. E sabendo disso, o técnico Abel Braga é enfático ao dizer que 'sua equipe está preparada para o confronto'. O treinador também confirmou a escalação com apenas uma mudança: Renato Chaves no lugar de Gum, não-inscrito no torneio.

"Meu time procurando sempre o melhor, dentro das nossas possibilidades. Temos um adversário forte. Vamos procurar nosso melhor, mas nosso melhor mesmo Sem qualquer tipo de receio. Nunca teve disparidade nesses sete jogos. Alguns foram ate de forma injusta o empate. Mas estamos preparados. O time e o mesmo que começou contra o Bahia."

Abel lembrou também dos outros clássicos contra o rival-rubro. Nos sete confronto, o Tricolor saiu na frente no placar em cinco, mas não conseguiu segurar a vitória. Também foi campeão da Taça Guanabara contra o Flamengo, mas empatou no tempo normal e venceu nos pênaltis. Para o treinador, a pressão pelo resultado torna o confronto mais difícil.

"Nunca teve disparidade nesses sete clássicos. Flamengo conseguiu a vitória de forma injusta em um dos jogos. O Flamengo está jogando a vida na Sul-Americana. Torna mais difícil para nós e para ele também. Temos encarado problemas e problemas desde que começou o ano, e temos que buscar superar. É o mais importante, essa busca pela superação" 

Entre as novidades, Abel confirma a escalação do Flu para o Fla-Flu decisivo: o mesmo time que enfrentou o Bahia, mas com Renato Chaves no lugar de Gum. Também afirmou que Robinho, com fissura no pé direito, só volta ano que vem e confirmou o zagueiro Henrique e o atacante Matheus Alessandro no banco.

Confira outros trechos da coletiva de Abel:

Sobre diferenças nos elencos de Fla e Flu: "O torcedor pode ter convicção. Nós estamos fazendo o nosso máximo, dentro daquilo que podemos. Já enumerou a quantidade de contratações de nosso adversário? Que maravilha... Everton, Diego Alves, Geuvânio, Conca, Berrío...Quase um time... "

Henrique Dourado: "Um jogador que tem sido sacrificado pelo esquema, porque os times marcam muito próximas. Ele é um jogador que adquiriu um nível de confiança que e extremamente muito positivo para o grupo" 

Sobre ano do Flu: "É muito complexo. Você tem sempre que medir o que é mais importante para você no ano. Jogamos um Carioca, ganhamos a Taça Guanabara, jogamos Copa do Brasil, Primeira Liga... Agora chegamos a uma quartas de final de uma Sul-Americana. Não é pouco"

VAVEL Logo