Meia Giovanni entra em comum acordo com diretoria e é desligado do Náutico
Meio-campista possuía vínculo com o time alvirrubro até o fim da competição nacional (Foto: Léo Lemos/Náutico)

O momento do Náutico na Série B do Campeonato Brasileiro 2017 é complicadíssimo, pois está praticamente rebaixado, e vem definhando a cada semana. Nessa segunda-feira (30), o meia Giovanni fechou um acordo junto à diretoria e teve o desligamento acatado, sendo assim o primeiro a deixar o clube.

De acordo com o gerente de futebol Ítalo Rodrigues, o jogador alegou ter problemas pessoais e, por isso, solicitou sua saída. Segundo Ítalo, a conversa para a rescisão foi bastante amigável, o que facilitou bastante na decisão a ser tomada, deixando o caminho aberto visando renovar com os demais.

"Reunimos a diretoria e conversamos com o atleta, que nos convocou. Devido aos motivos apresentados, achamos por bem do clube acatar o pedido dele, mas desejamos sucesso e boa sorte ao atleta, que a partir de hoje não faz mais parte do elenco do Náutico. Os outros, porém, já estão sendo monitorados para 2018 e procuraremos todos os que nós desejarmos renovar o contrato", declarou o dirigente.

Sem Giovanni, Roberto Fernandes esboça provável Náutico para clássico (Foto: Léo Lemos/Náutico)
Sem Giovanni, Roberto Fernandes esboça time para clássico diante do Santa Cruz (Foto: Léo Lemos/Náutico)

Contratado para disputa da Segundona, o atleta veio do São Bento-SP e realizou 21 partidas, sendo 20 de titular e marcando apenas dois gols neste período. Revelado no Corinthians, o camisa 10 tinha vínculo com o Timbu, ficando agora disponível no mercado para que qualquer time possa contratá-lo.

Sem o meio-campista, o técnico Roberto Fernandes começa a esboçar a equipe titular para o clássico de vida ou morte diante do Santa Cruz, no sábado (4), pela 33ª rodada da competição nacional. Bruno Mota vai voltar a fazer a função de armador, enquanto William fica responsável pela referência.

As únicas baixas nos pernambucanos são os volantes William Schuster e Renan Paulino, no departamento médico. Com isso, o treinador deve montar a escalação no 4-3-3 com: Jefferson; Léo, Breno Calixto, Aislan e Ávila; Amaral, Diego Miranda e Bruno Mota; Rafinha, William e Dico, tentando assim seguir na disputa para evitar a degola.

VAVEL Logo