Vai começar! Campeonato Mineiro inicia sua 104ª edição em 2018; conheça equipes

Como um jogador que aguarda à beira do gramado pela oportunidade de adentrar as quatro linhas, o Campeonato Mineiro já está pronto para "entrar em campo". Nesta quarta (17), quando o árbitro Ronei Cândido apitar o início da partida entre América-MG e Patrocinense, às 19h30, será dada de fato a largada para a edição de 2018.

O Estadual deste ano foi lançado na última segunda (15), em evento realizado no Mineirão. No entanto, a bola só rola nesta quarta em cinco partidas pelo estado afora, nos estádios Mineirão, Mamudão, Independência, Parque do Sabiá e Antônio Guimarães de Almeida. A primeira rodada do Mineiro vai ser encerrada nesta quinta, com o jogo isolado entre Atlético e Boa Esporte, no Municipal de Varginha.

Mudança no formato do Mineiro

Com início em 17 de fevereiro e término em 8 de abril, data da grande final, o Campeonato Mineiro de 2018 será mais extenso que nas edições passadas. Isso porque o formato da competição foi alterado no último ano, com o acréscimo das quartas de final. Essa fase será disputada em jogo único, e por isso oito das 12 equipes da etapa classificatória vão avançar.

A medida foi votada pelas próprias equipes, situação em que os três grandes de Belo Horizonte - Cruzeiro, Atlético e América - foram "vencidos" pelas agremiações do interior. Os times da capital, que já têm temporadas cheias, não queriam o aumento do torneio, ao passo que as outras nove equipes sim. Ainda, como as quartas de final serão em jogo único, isso pode favorecer a ocorrência de "zebras". 

No evento de lançamento do Mineiro, em conversas com a VAVEL Brasil, o presidente da Federação Mineira de Futebol (FMF), Castellar Guimarães Neto, comentou sobre a mudança, pontuando a isenção da entidade máxima do futebol mineiro na decisão da mudança. "A Federação não vota. Existe um conselho técnico que precisa acontecer com um mínimo de 60 dias antes do campeonato, e nele são votadas todas as questões do torneio", afirmou Castellar.

"Inclusive, os clubes, por ordem de rankeamento, têm pesos diferentes. O Atlético, por exemplo, como foi o campeão de 2017, teve peso 12, ao passo que as equipes que subiram tiveram pesos 2 e 1. Atlético, Cruzeiro e América foram contrários à mudança, mas todos os times do interior foram favoráveis, e por maioria decidiram pela alteração", completou Castellar.

Equipes participantes

O Campeonato Mineiro de 2018 terá a participação de 12 equipes, sendo três da capital, uma da região da metropolitana e oito do interior, as quais jogarão a fase classificatória até o dia 11 de março. Depois, oito seguirão em disputa para duelo único nas quartas de final, seguindo por semi e decisão. Leia mais sobre cada uma delas acessando os links abaixo.

+ América-MG

+ Atlético-MG

+ Boa Esporte

+ Caldense

+ Cruzeiro

+ Democrata GV

+ Patrocinense

+ Tombense

+ Tupi 

+ URT

+ Uberlândia

+ Villa Nova

Em 2018, Atlético defende título

No ano passado, a taça do Mineiro foi para a sala de troféus do Atlético. A equipe terminou a primeira fase na ponta da tabela com os mesmo 27 pontos do Cruzeiro, que chegou logo atrás. O Galo, no entanto, teve uma vitória a mais (9 a 8), o que fez com que ganhasse o direito de decidir as partidas da fase final em seus domínios. Após avançar em primeiro, o Atlético enfrentou a URT, quarta colocada.

A partida de ida, que teve mando da equipe de Patos de Minas, foi realizada no Estádio Mineirão por opção dos próprios mandantes. O jogo terminou empatado em 1 a 1, e a decisão ficou para a semana seguinte, na Arena Independência. No Horto, o Galo aplicou 3 a 0 para cima da URT e avançou para a decisão.

Na final, os atleticanos encontraram o maior rival. Com campanhas bem parecidas na fase classificatória, Galo e Cruzeiro decidiram o Mineiro de 2017, com o jogo de ida terminando em 0 a 0 no Mineirão. Novamente com mando de campo no duelo decisivo, como foi na semi, o Atlético bateu a Raposa no Independência por 2 a 1 e conquistou a competição.

Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Confusão: 103 edições e 106 títulos

O Campeonato Mineiro de 2018 será a 104ª edição do torneio. O campeão deste ano levantará a taça de número 104, certo? Errado. A conta não fecha, mas por um motivo: divergências no passado fizeram com o campeonato estadual gerasse três títulos além dos 103 referentes às edições disputadas. A VAVEL Brasil explica:

1926: Palestra Itália rompe com FMF

Cinco anos após ser fundado, o Cruzeiro rompeu com a FMF por julgar que a entidade dava um tratamento diferente aos rivais Atlético e América. Com isso, o então Palestra Itália criou a Associação Mineira de Esportes Terrestres (AMET) e venceu o torneio sem dificuldades. Na Liga Mineira de Desportos Terrestres (LMDT), a tradicional, o Galo quebrou a emblemática sequência de dez títulos do América. Em 1926, portanto, Cruzeiro e Atlético venceram "os Estaduais".

1932: Villa Nova vence liga à parte

O Palestra Itália voltou a se desentender com a organização da Liga Mineira de Desportos Terrestres (LMDT) em 1932 e a abandonou junto com o América e Villa Nova, criticando um possível um favorecimento ao Atlético. Essas equipes fundaram, então, a Associação Mineira de Esportes Geraes (AMEG), que teve também a integração de Sete de Setembro e Grêmio Calafate.

O campeão da AMEG foi o Villa Nova, ao passo que o Galo levou a LMDT - torneio que contou também com Calafate, Santa Cruz, Alves Nogueira, Fluminense, Carlos Prates, Retiro e Guarany.

1956: Cruzeiro e Atlético dividem título

Pela escalação irregular do zagueiro Laércio, atleta do Atlético, em uma das partidas da série melhor de três da final do Mineiro de 1956, o Cruzeiro entrou com um pedido para ficar com os pontos do duelo. A FMF tentou realizar um outro jogo, mas as equipes finalistas não aceitaram e acabaram dividindo o título daquele ano.

Maior público

Com a reforma para a Copa do Mundo, o Mineirão teve uma redução significativa em sua capacidade. O Gigante da Pampulha comportava cerca de 100 mil torcedores, mas atualmente pode receber por volta de 62 mil. O maior público do Campeonato Mineiro foi justamente na grande casa do futebol do estado, com um número que dificilmente será visto novamente.

Na decisão do Estadual de 1997, um total de 132.834 torcedores acompanharam o duelo entre Cruzeiro e Villa Nova, vencido pelo time celeste por 1 a 0. Esse foi o maior público da história da competição e também do próprio estádio.

VAVEL Logo