Internacional goleia Santos e avança para semifinal da Copa SP de Futebol Júnior

Com quatro gols, time gaúcho dominou a partida do início ao fim e eliminou os Meninos da Vila

Internacional goleia Santos e avança para semifinal da Copa SP de Futebol Júnior
Foto: Divulgação / Inter
SANTOS
0 4
INTERNACIONAL
SANTOS: Renan Pastre, Tailson (Alexandre Tam), Vitor Mendes, Kaique Rocha e Rhuan (Sandry); Guilherme Nunes, Wagner Leonardo, Gabriel Calabres e Sebastian (Vinícius); Bruno Moreira e Walison Madalena (Kaio)
INTERNACIONAL: Carlos Miguel, Leandro Córdova, Bruno, Roberto (Victor) e Eduardo (Luiz Felipe); Vinícius, Juliano (Da Silva), Elias (Alan Carlos) e Richard (Pedro Lucas); Netto e Brenner (Bruno José). Técnico: Fábio Mathias
Placar: 0-1, min. 25, Richard; 0-2, min. 37, Netto; 0-3, min. 55, Brenner; 0-4, min. 80, Richard;
INCIDENCIAS: Partida válida pelas quartas de final da Copa São Paulo de Futebol Júnior

O Internacional eliminou o Santos na noite desta quinta-feira (18) e avançou para as semifinais da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Em partida disputada em Franca, o Celeiro de Ases atropelou os Meninos da Vila. O placar de 4 a 0 colocou o Inter na próxima fase da competição, contra o São Paulo.

Internacional joga melhor e abre 2 a 0 na primeira etapa

O Internacional foi melhor durante os primeiros 45 minutos. Logo no primeiro minuto de jogo, a bola foi lançada para Richard, que não alcançou para dominar. O Inter buscou o ataque através de passes. No minuto seguinte Brenner recebeu um passe na linha de fundo, mas o atacante Colorado estava em posição de impedimento. O Santos tentou atacar pela primeira vez aos quatro minutos. Talison tentou o drible e passou pela defesa, mas na sequência foi parado com falta.

A primeira chance mais clara da partida foi do Internacional aos sete minutos. Após cobrança de escanteio rasteira pelo lado direito, a bola chegou até Leandro Córdova, que bateu de primeira. A bola ainda desviou no marcador antes de sair pela linha de fundo. Jogada que o Santos respondeu aos 10 minutos. Walison Madalena arriscou um chute de longe, mas acabou mandando para fora.

Renan Praste, goleiro do Santos, se assustou aos 13 minutos quando viu a bola bater na trave. O cruzamento de Vinícius para a área foi fechado e tocou no travessão. No rebote Brenner mandou de cabeça para fora. Só dava Inter. Aos 24 minutos Brenner fez boa  jogada e conseguiu cruzar para Richard, que mandou para fora. o Gol do time gaúcho não demorou para sair.

Elias lançou Netto na linha de fundo aos 25 minutos. O atacante conseguiu vencer o marcador e cruzou na cabeça de Richard, que desta vez não desperdiçou e abriu o placar. Dois minutos mais tarde foi a vez de Brenner levar perigo. O atacante recebeu passe dentro da área e chutou para fora.

O Internacional conseguiu marcar mais um gol antes do intervalo. Aos 37 minutos Netto foi lançado por Leandro Córdova, invadiu a grande área e tocou por cima de Renan Pastre para ampliar o marcador. Ainda deu tempo de mais uma chegada. Após saída errada na defesa Santista, a bola sobrou com Roberto. O zagueiro Colorado arriscou o chute rasteiro e a bola passou perto da trave.

Internacional aproveita chances, faz mais dois e avança na Copinha

O Santos voltou para a segunda etapa querendo o empate. Se no primeiro tempo a primeira chance foi do Inter, no segundo foi do time paulista. Guilherme Nunes tabelou com o companheiro e cruzou rasteiro na área, mas ninguém apareceu para completar. Roberto afastou o perigo com um chutão. Aos nove minutos foi a vez de Alexandre Tam. O jogador do Santos girou em cima da marcação, abriu espaço e chutou, mas a bola saiu pela linha de fundo.

Quem não faz leva, já diz a máxima. Aos 10 minutos Richard chegou à linha de fundo e cruzou para Brenner.  O atacante do Inter esticou o pé para marcar o terceiro gol Colorado. Depois do gol o Inter conseguiu se defender muito bem, dificultando os ataques do Peixe. O Santos também tentou chegar na ligação direta, mas não foi feliz. O jogo deu uma esfriada após o terceiro gol. Outra chance de balançar as redes foi somente aos 26 minutos. Elias recebeu passe na entrada da área e finalizou, obrigando Renan a fazer uma grande defesa.

O Santos voltou a assustar aos 32 minutos após chute de Calabres. De muito longe, a bola do jogador passou bem perto da meta de Carlos Miguel. Para fechar o placar, o Inter marcou o quarto gol de pênalti. A bola acabou batendo no braço de Calabres e o árbitro entendeu o lance como irregular. O jogador do Santos levou o segundo amarelo e foi expulso. Richard, que não teve nada a ver com isso, bateu com perfeição e deu números finais ao marcado.

Na semifinal o Internacional vai encarar o São Paulo, que empatou com o Vitória em 2 a 2 e garantiu a vaga nos pênaltis. O Tricolor venceu por 4 a 3. A data e o horário da partida ainda não foram definidas pela Federação Paulista de Futebol.