Nelsinho exalta segundo tempo do Sport ante Afogados da Ingazeira: "Não foram apenas as alterações"
Comandante garante não ter base titular definida no Leão para sequência da temporada (Foto: Williams Aguiar/Sport)

Nelsinho exalta segundo tempo do Sport ante Afogados da Ingazeira: "Não foram apenas as alterações"

Treinador enaltece mudança de comportamento da equipe rubro-negra para buscar primeira vitória no Pernambucano

cadealua
Luana Oliveira

Nesse sábado (20), o Sport garantiu a primeira vitória no Campeonato Pernambucano 2018, superando o Afogados da Ingazeira por 2 a 0, com gols marcados por Thomás e Gabriel, ambos no segundo tempo. Nelsinho Baptista reconheceu que a equipe rubro-negra não fez boa primeira etapa, apesar da superioridade técnica.

Logo depois, o Leão mudou da água para o vinho, principalmente pela mudança de algumas peças. Uma das modificações foi forçada, já que no intervalo André sentiu o joelho e precisou ser substituído pelo meia Thomás. O comandante ressaltou que as cobranças foram de extrema importância para mudar a postura.

"Tivemos um futebol muito previsível no primeiro tempo, contudo nós insistimos em jogadas pelas laterais e não utilizamos tanto jogadas em profundidade. No intervalo, cobrei uma postura mais vertical, até pela forte marcação do nosso adversário, que manteve boa postura tática. Quando isso ocorreu, já tivemos duas boas chances de gol. Não foram apenas a mudança de peças, mas a equipe começou a jogar com mais profundidade", garantiu o técnico, que diz não ter o time titular pronto para o Estadual, mesmo fazendo testes.

Acionado na etapa final, meia-atacante Gabriel deixou sua marca em estreia pelo Leão (Foto: Williams Aguiar/Sport)
Acionado na etapa final, atacante Gabriel deixou sua marca em estreia pelo Leão (Foto: Williams Aguiar/Sport)

"Não usufruo apenas de 11 titulares e tenho mais que isso. As opções no elenco têm integralmente a minha confiança e sei que, caso precise utilizar algum deles, tenho essa liberdade. Não tenho como adivinhar o futuro para dizer em que momento meu time estará pronto. Seguimos firmes no trabalho dia a dia, mas segundo meu entendimento, eles me mostraram uma evolução", completou.

Apesar da oscilação de comportamento, o treinador reconhece que os jogadores ainda sentem com o ritmo de jogo, uma vez que fizeram um período curto de pré-temporada. Nelsinho, inclusive, comenta que tem preocupação com os contra-ataques dos adversários, pois seus atletas estão em evolução na parte física.

"Evidentemente meus atletas ainda sentem a parte física por causa do ritmo do jogo, mas somos uma equipe que sempre entra para vencer e estamos encarando times que precisamos propôr o jogo. Preciso partir ao ataque, mas ter muita precaução nos contra-ataques do adversário, e quando atingirmos esse patamar a equipe terá um futebol melhor", encerrou.

VAVEL Logo