Com D'Alessandro de 'garçom', Inter bate Juventude e assume liderança do Gauchão

Depois de sair atrás do marcador, colorado consegue a virada e bate o time da Serra pelo placar de 3 a 1, no estádio Beira Rio, e se torna líder do Gauchão

Com D'Alessandro de 'garçom', Inter bate Juventude e assume liderança do Gauchão
Foto:(Ricardo Duarte/Sport Club Internacional)
Internacional
3 1
Juventude
Internacional: DANILO FERNANDES; DUDU, KLAUS, CUESTA E IAGO; RODRIGO DOURADO, EDENÍLSON, PATRICK, D'ALESSANDRO E POTTKER; LEANDRO DAMIÃO.
Juventude : DOUGLAS; VINÍCIUS, CÉSAR MARTINS, FRED E PARÁ; AMARAL, SANANDUVA, FELLIPE MATEUS, FELIPE LIMA E GUILHERME QUEIROZ; RICARDO JESUS.
Placar: 0-1, 13/1°, GUILHERME QUEIROZ. 1-1, 18/1°, PATRICK. 2-1, 43/1°, YAGO. 31/2° NICO LÓPEZ.
ÁRBITRO: ÁRBITRO: DANIEL BINS ASSISTENTES: TIAGO AUGUSTO KAPPES DIEL E ANDREZA VANNI MOCELIN.
INCIDENCIAS: 7ª RODADA DO CAMPEONATO GAÚCHO. ESTÁDIO BEIRA RIO, PORTO ALEGRE.

O técnico Odair Hellmann seguiu o ditado: em time que está ganhando não se mexe. E, com a mesma formação da última partida, o Internacional conquistou mais uma vitória, desta vez de virada sobre o Juventude, pelo placar de 3 a 1, em partida válida pela 7° rodada do Campeonato Gaúcho. Com o triunfo conquistado no estádio Beira-Rio, nesta quinta-feira, o time assumiu, ainda que provisória, a liderança do Gauchão.

Em noite inspirada do meia D'Alessandro que deu as três assistências para os gols de Patrick, Iago e Nico López, o Colorado buscou a recuperação após sair atrás no placar e agora é o primeiro colocado do Campeonato, com 15 pontos.

A liderança ainda é provisória, já que Caxias com 14 pontos e Brasil de Pelotas com 13, que também brigam pelas primeiras colocações têm um jogo a menos.

O Juventude, por sua vez, encerra a semana fora do G-8. Com a derrota, agora é o 9° colocado, com cinco pontos, apenas um ponto acima da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada, o Inter defende a liderança no domingo, diante do São Paulo, no Aldo Dapuzzo, em Rio Grande. Já o Ju terá pela frente o clássico contra o Caxias, no Centenário, na próxima segunda-feira.

Virada do marcador na primeira etapa

Apesar de jogar dentro de casa, quem começou melhor na partida foram os visitantes. A primeira finalização veio com o volante do Juventude Guilherme Finkler. Aos quatro minutos o jogador arriscou o chute, mas a bola passou longe do gol. A resposta do Inter veio aos cinco minutos, quando o time teve dois escanteios seguidos a seu favor, mas a defesa do Ju acabou levando a melhor. Aos 13 minutos, após vacilo da zaga colorada, o time da Serra abriu o marcador com Guilherme Queiroz. O atacante aproveitou o desvio de Cuesta e com um toque de categoria encobriu o goleiro Danilo Fernandes. Com este gol, Guilherme se tornou o artilheiro do Gauchão, com cinco gols.

Não demorou muito e o colorado igualou a partida com Patrick. Aos 18 minutos, após cobrança de escanteio de D'Alessandro, o meia chegou chegou de surpresa e, sem marcação, bateu de primeira para marcar o seu primeiro gol com a camisa do Inter.

Após o empate, os colorados pressionavam no campo adversário. A equipe teve duas chances de virar, mas desperdiçou. Aos 26 minutos, após cobrança de falta rasteira de D'Alessandro, Patrick recebeu a bola dentro da área. Virou, chutou, mas a bola passou rente à trave. No minuto seguinte, Damião roubou a bola na saída do Ju e tocou para Pottker. E, novamente, a bola passou pelo lado de fora da meta do goleiro Douglas Silva. A pressão seguiu. Aos 33 minutos, Damião soltou a bomba, mas a bola insistentemente passou ao lado da trave direita.

Chegando ao fim da primeira etapa, a bola entrou. Aos 43 minutos, após troca de passes dos colorados, D'Alessandro com o passe de pé direito encontrou Iago entrando na área. O lateral chutou com precisão, para virar o marcador. E, assim, ao apito do árbitro, o Internacional foi para o vestiário com a vantagem. 

Gol na segunda etapa e conquista da liderança da competição

Na volta da segunda etapa, o Inter voltou com a mesma formação tática. O Juventude, por sua vez, voltou com Caprini no lugar de Felipe LimaVidal na posição de César Martins.

Novamente, a equipe da Serra inciava a partida no campo do time de Porto Alegre. Aos cinco minutos, Guilherme Finkler cruzou na cabeça de Ricardo Jesus, que ganha no alto de Danilo Fernandes, mas o desvio foi para fora. Aos dez minutos, o Juventude chegou novamente. Caprini tocou para trás e Sananduva chegou batendo, mas a bola se perdeu pela linha de fundo. A pressão dos visitantes seguiu nos minutos seguintes. Aos 13 minutos, Guilherme Queiroz, autor do primeiro gol da partida, arriscou mas a bola saiu a direita do gol.

Aos 16 minutos, foi a vez de Danilo Fernandes aparecer. O goleiro fez grande defesa na finalização de Guilherme Queiroz. Em seguida, o técnico Zago fez a última substituição. No lugar de Guilherme Finkler colocou Denner. A equipe colorada seguia atrás da linha da bola e o goleiro Danilo seguiu sendo destaque. Aos 25 minutos, o técnico Odair Hellmann fez a primeira substituição: Wellington Silva entrou no lugar de Rodrigo Dourado.

Aos 26 minutos, em lindo lance de Leandro Damião, a equipe quase chegou ao terceiro gol. A zaga do Ju vacilou e Damião saiu na cara do gol, deixou o defensor no chão e tentou de cavadinha, mas a bola subiu de um pouco demais e foi pra fora. Aos 29 minutos, Pottker deixou o gramado com dores na posterior da coxa. Nico López assumiu a vaga para marcar o seu gol. Novamente, com servindo de garçom D'Alessandro encontrou Nico na infiltração entre os zagueiros. O uruguaio tirou do goleiro e com a canhota para marcou o 3 a 1.

Aos 37 minutos, o Inter teve de fazer mais uma substituição por conta de lesão. Dudu deixou a partida para a entrada de Gabriel Dias. A partida ainda foi interrompida para atendimento do goleiro Danilo Fernandes. Quando a partida recomeçou, o Inter partiu para o ataque. Damião arrancou com a bola e encontrou Patrick, que invadiu a área na velocidade e chutou, mas o goleiro Douglas defendeu.

Os colorados seguiram atacando na etapa final. Ainda nos acréscimos, Damião teve mais uma chance, mas o chute foi travado por Fred. O time ainda teve a chance com Gabriel Dias, que finalizou meio sem jeito e a bola acabou passando à direita de Douglas. Aos 50 minutos, o árbitro encerrou a partida e com a vitória de virada por 3 a 1, o Internacional assume a liderança do Campeonato Gaúcho.