Campeonato Carioca: tudo que você precisa saber sobre Boavista x Flamengo

Times fazem a final da Taça Guanabara neste domingo (18), às 17h, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo

Campeonato Carioca: tudo que você precisa saber sobre Boavista x Flamengo
(Foto: Gilvan de Souza / Flamengo)

Longe do Rio de Janeiro, Boavista e Flamengo duelam pelo título da Taça Guanabara neste domingo (18), às 17h, no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica, no Espírito Santo. Para esta final, não há qualquer vantagem e, em caso de empate, a decisão será disputada nos pênaltis.

Como chegam?

O Boavista fez uma grande campanha na Taça Guanabara e vem embalada para a final. O Verdão de Saquarema terminou a primeira fase como líder do Grupo C, desbancando grandes como Botafogo e Fluminense. Na semifinal, empatou com o Bangu e, como tinha a vantagem do empate, garantiu sua vaga na final.

O Flamengo, por sua vez, está invicto na competição. Em cinco jogos, o time de Paulo César Carpegiani conquistou quatro vitórias e um empate. Na semifinal, venceu com sobras o Botafogo por 3 a 1, fato que acabou culminando na demissão do técnico alvinegro Felipe Conceição.

Prováveis escalações

Boavista:  Rafael, Thiaguinho, Gustavo Geladeira, Kadu Fernandes e Júlio César; William Maranhão, Douglas Pedroso, Fellype Gabriel (Erick Flores) e Lucas; Cláudio Maradona e Caio Cézar. 

Flamengo: César, Pará, Réver, Juan e Renê; Cuéllar, Lucas Paquetá e Diego; Evérton, Evérton Ribeiro e Henrique Dourado.

Números do confronto

No histórico de confrontos pelo Campeonato Carioca, o Flamengo leva ampla vantagem sobre o Boavista. Em 13 jogos, foram nove vitórias rubro-negras, três empates e somente um triunfo do Verdão. No quesito gols marcados, o Fla vence por 27 a 11.

A última vez que Boavista e Flamengo se enfrentaram foi pela estreia do Carioca de 2017. Naquela ocasião, o rubro-negro goleou o Verdão por 4 a 1, na Arena das Dunas, em Natal. Guerrero, duas vezes, Diego e Trauco marcaram para os mandantes, enquanto Mosquito descontou.

Arbitragem

O confronto será comandado por Rodrigo Nunes de Sá. Ele terá como auxiliares Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Silbert Faria Sisquim.