Tomás Andrade estreia pelo Atlético, dá duas assistências e comemora vitória sobre América

Meia argentino chegou em janeiro e teve sua primeira oportunidade com a camisa alvinegra neste domingo (18), em vitória por 3 a 0 sobre o América

Tomás Andrade estreia pelo Atlético, dá duas assistências e comemora vitória sobre América
Tomás Andrade está emprestado ao Atlético pelo River Plate (Foto: Bruno  Cantini/Atlético-MG)

Sacado do banco aos 38 do segundo tempo no jogo do Atlético-MG contra América neste domingo (18), o meia Tomás Andrade aproveitou bem seus poucos minutos em campo. A entrada do argentino marcou sua estreia com a camisa do Galo e ainda foi importantíssima para a vitória do time sobre o Coelho na Arena Independência, pelo placar de 3 a 0.

+ Interino, Thiago Larghi vê resgate de confiança no Atlético após vitória e despista sobre 'promoção'

Ricardo Oliveira acredita que vitória contra América pode ser 'divisor de águas' para ano do Atlético-MG

O meia, que chegou ao Atlético neste ano por empréstimo junto ao River Plate-ARG, deu duas assistências para os gols que fecharam o placar do Galo na Arena Independência. O marcador estava indicando 1 a 0 para o time alvinegro quando o argentino deixou o banco, mas terminou com uma mão cheia de gols para a equipe atleticana graças à estreia inspirada do argentino.

Após seu primeiro jogo com a camisa do Atlético, o meia destacou a vitória do Galo, ainda mais tendo em vista o começo de ano agitado que o time vem tendo. “Estávamos num momento difícil, teve saída de treinador e no jogo passado não ganhamos. Mas creio que jogamos bem hoje. Estou contente por estrear por esse grande clube, diante dessa grande torcida. Estou feliz com a estreia e com a vitória”, disse.

Em sua primeira participação mais efetiva no jogo, Tomás fez um lançamento para Róger Guedes na direita, que aproveitou para finalizar. No lance, o lateral Norberto, do América, ainda desviou contra a própria meta, mas o argentino carimbou sua contribuição para o tento alvinegro. 

Depois, foi dos pés de Tomás que saiu o passe para Ricardo Oliveira marcar o terceiro gol do Atlético no jogo e sacramentar a vitória alvinegra sobre o Coelho. Ao fim do clássico, o técnico interino do Galo, Thiago Larghi, enalteceu as qualidades do argentino. 

“É um número 10. Pode jogar por dentro, pode jogar pelo lado, como foi onde ele entrou. A gente sabe que é um jogador com muita qualidade. Vamos procurar utilizá-lo da melhor maneira possível. Cada partida é uma história, cada adversário representa uma dificuldade. Tentar explorar essa situação ou aquela é o que faz a gente tomar a decisão para cada momento do jogo", disse o atual comandante alvinegro em coletiva pós-jogo.

O Atlético, agora dará uma pausa no Campeonato Mineiro para enfrentar o Botafogo-PB pela segunda fase da Copa do Brasil. Em jogo único, o Galo vai tentar o seu avanço à próxima etapa na quarta (21), às 21h45, no estádio Almeidão.