Conmebol define regulamento e grupos da Copa América Feminina 2018
Maior campeã com seis conquistas, Seleção Brasileira defende título do torneio continental (Foto: Rafael Ribeiro/CBF)

Em cerimônia no Chile, a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) definiu os grupos da Copa América de Futebol Feminino de 2018, a ser realizada no país andino. A competição continental, que vai de 4 a 22 de abril, conheceu as chaves nesta quinta-feira (1º), dando as vagas em três outros torneios.

Cabeça de chave no Grupo A e país-sede, as chilenas terão pela frente adversárias de nível mais semelhante, como Colômbia, Paraguai, Peru e Uruguai. Já o Brasil, que está encabeçando o Grupo B por defender o título, tem confrontos mais tranquilos, encarando Equador, Argentina, Venezuela e Bolívia, sendo franco-favorito a avançar de fase com maior tranquilidade.

De cada um dos grupos, avançam apenas os dois melhores para fazer um quadrangular final, dando classificação direta aos quatro times nos Jogos Pan-Americanos de Lima em 2019. Na última fase, no entanto, os campeão e vice se garantirão na Copa do Mundo da modalidade, a ser disputada na França, no próximo ano.

Cerimônia para definir chaves da competição continental foi realizada no Chile (Foto: Divulgação/Conmebol)
Cerimônia para definir chaves da competição continental foi realizada no Chile (Foto: Divulgação/Conmebol)

O terceiro colocado, por sua vez, continua vivo rumo ao Mundial, com a possibilidade de disputar repescagem diante do quarto da Concacaf (Confederação de Futebol da América do Norte, Central e Caribe). Além disso, o ganhador se classifica ainda aos Jogos Olímpicos de 2020, com o segundo indo para o classificatório contra um representante da CAF (Confederação Africana de Futebol).

Os jogos do certame ainda possuem data e horário definidos, mas vão ocorrer em La Serena, no estádio La Portada, Coquimbo, no Municipal Francisco Sánchez Rumoroso, e Ovalle, no Diaguita. Maior campeão, a Canarinho visa o heptacampeonato, enquanto que as anfitriãs da Roja buscam conquista inédita, bem como todas demais participantes, com exceção da Albiceleste, que faturou em 2006.

Confira como ficou cada grupo

Grupo A
Chile
Colômbia
Paraguai
Uruguai
Peru
Grupo B
Brasil
Equador
Argentina
Venezuela
Bolívia

 

VAVEL Logo