Roger Machado avalia expulsão como decisiva para vitória do Palmeiras na Colômbia
Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação

Nesta quinta-feira (1º), o Palmeiras fez sua estreia na Libertadores da América e venceu o Junior Barranquilla, por 3 a 0, no Estádio Metropolitano, em Barranquilla. Após a partida, o técnico Roger Machado concedeu entrevista coletiva e falou sobre a vitória palmeirense.

Ainda aos nove minutos, Germán Gutiérrez recebeu o cartão vermelho e deixou os mandantes com um jogador a menos no restante da partida, Roger admitiu que o adversário era melhor até o momento e que a expulsão fez diferença na construção do placar.

“Temos de falar de dois jogos distintos. O Palmeiras atuou bem, mas atuou bem principalmente a partir da expulsão. Pela pressão do time local, os primeiros minutos foram difíceis para a gente, mas depois da expulsão tomamos conta do jogo e fizemos o placar de 3 a 0".

O treinador comemorou os três pontos conquistados na Colômbia, no entanto, deixou claro que é preciso vencer como mandante para que essa pontuação tenha valor no final da fase de grupos.

“Vencer fora é sempre importante, mas a confirmação desses três pontos como visitante nós teremos que fazer em casa. Para que essa vitória seja válida, não podemos desperdiçar as oportunidades de fazer três pontos no Brasil”.

Nos minutos finais da partida, o técnico esteve agitado no banco de reservas, cobrando severamente seus jogadores, apesar do grande resultado a favor, Roger explicou o motivo para isso.

“O maior respeito que você pode ter pelo adversário é de fazer mais gols se tiver a possibilidade. Mesmo com o placar estando decidido por 3 a 0, percebi a minha equipe tocando a bola sem objetividade. Os meus momentos de euforia no campo eram por isso. O maior respeito pelo rival é controlar o jogo e, se possível, ampliar a vantagem que tem”.

Agora, o Palmeiras volta a campo na próxima segunda-feira (5), quando receberá o São Caetano, pelo Campeonato Paulista, no Allianz Parque. Na Libertadores, o próximo compromisso é contra o Alianza Lima, também na casa alviverde, em abril.

VAVEL Logo