Novo Hamburgo vence Brasil de Pelotas e deixa zona de rebaixamento do Gauchão
(Foto: Divulgação / ECNH)

Em uma partida equilibrada no Estádio do Vale, o Novo Hamburgo venceu o Brasil de Pelotas pela 10ª rodada do Campeonato Gaúcho  e deixou a zona de rebaixamento da competição. O Xavante perdeu a chance de assumir a liderança isolada do Gauchão. Roberto Dias e Ricardo Lobo marcaram para o Nóia. Léo Bahia balançou as redes para a equipe visitante.

O duelo foi de extremos. Enquanto uma equipe briga pela liderança a outra luta para escapar do rebaixamento. O Novo Hamburgo havia vencido apenas uma vez no Campeonato Gaúcho de 2018 e tentou atacar desde o começo. A defesa do Brasil de Pelotas esperou os primeiros movimentos da partida para ver como iria se comportar o adversário.

O primeiro tempo foi de pouca inspiração em Novo Hamburgo. A equipe da casa conseguiu abrir o placar apenas aos 37 minutos da primeira etapa. Xaro cobrou escanteio pelo lado direito, o goleiro Carlos Eduardo "caçou borboletas" na hora de sair da meta e a bola se ofereceu para Roberto Dias completar para o fundo das redes. O Brasil de Pelotas tentou responder aos 45 minutos. Alisson Farias deu bom passe para Mossoró, mas o meia parou na defesa de Michel Alves.

A segunda etapa iniciou com Jean Silva assustando o goleiro Xavante. O atacante arriscou de fora da área e mandou a bola pela linha de fundo. O empate levava o Brasil de Pelotas à liderança do Gauchão. Então o time visitante tratou de ir para cima do adversário. A pressão funcionou aos nove minutos. Alisson Farias arriscou um chute de longe e o goleiro Michel Alves acabou soltando uma bola tranquila nos pés de Léo Bahia. O camisa nove aproveitou a bobeira do arqueiro Anilado e mandou para o fundo das redes, deixando tudo igual no Estádio do Vale.

(Foto: Divulgação / ECNH)
(Foto: Divulgação / ECNH)

O Novo Hamburgo não queria ficar na zona de rebaixamento e foi ao ataque para evitar isso. Preto fez excelente lançamento para Ricardo Lobo aos 24 minutos. Dentro da área o centroavante conseguiu dominar e finalizar, com um chute forte. Era a virada do Anilado. Juninho ainda teve uma chance aos 29, mas Carlos Eduardo conseguiu defender no canto. A última chance do Nóia foi com Ricardo Lobo, que chutou cruzado aos 34 minutos. O arqueiro Xavante conseguiu defender.

Antes da virada do Novo Hamburgo, um lance forte aconteceu no gramado. Toty e Branquinho foram para um dividida e o jogador do Brasil de Pelotas foi atingido na altura do rosto, levando a pior. Com uma fratura no maxilar direito, o meia foi encaminhado a um hospital da região.

Com a vitória o Novo Hamburgo deixa a zona de rebaixamento. A equipe Anilada alcança os nove pontos na 9ª colocação. O resultado manda o Grêmio para o Z-2. Já o Brasil de Pelotas permanece na segunda colocação, com os mesmo 17 pontos do Internacional - líder. Xavante fica atrás apenas pelo saldo de gols.

Na próxima rodada o Novo Hamburgo encara o Veranópolis, fora de casa e o Brasil de Pelotas recebe o Avenida no estádio Bento Freitas. As duas partida estão marcadas para quarta-feira (7), às 20h.

VAVEL Logo