Mesmo com derrota, Valentim parabeniza elenco do Botafogo e evita comentar sobre arbitragem
Foto: Vítor Silva/SS Press/Botafogo

Após a derrota do Botafogo no clássico para o Flamengo na tarde deste sábado (3), Alberto Valentim concedeu entrevista coletiva no Estádio Nilton Santos. O treinador evitou falar e prolongar  comentários sobre alguma decisões duvidosas vindo da arbitragem na partida e disse ter gostado da atuação de seus jogadores, apesar do resultado negativo.

Já de início, o treinador comentou sobre o gol de Rhodolfo e a não-expulsão de Jonas, que poderiam mudar o resultado da partida. "Gostei muito do Botafogo, da forma que nos propomos para o jogo. Time mesmo em desvantagem com gol irregular, infelizmente, não perdemos equilíbrio, não nos desorganizamos, essa é a ideia. Criamos chances boas; mesmo com derrota, estão de parabéns", disse. "Quando saiu o gol, fui no quarto árbitro e falei: tomara que tenha acertado nos dois, porque onde estava não dava para ver. Depois teve esse lance capital (falta de Jonas), no primeiro tempo, onde estaríamos com um a mais em muitos minutos do jogo. Foram erros, o árbitro errou, não quero falar mais sobre isso", completou.

Sobre a atuação do time, o treinador mostrou-se satisfeito e viu uma evolução da equipe, se tratando de um adversário mais forte. "Achei que o time cresceu mais um pouco, contra um adversário de qualidade, pelos jogadores e treinador que tem. Falei para os jogadores agora no final, estão todos de parabéns pela atuação. Infelizmente resultado não veio, mas terça-feira tem mais", comentou.

Sobre tomar um gol na bola parada, o treinador não culpou o zagueiro Igor Rabello no lance, e sim o erro da arbitragem. "Você chegou a ver? Eu vi depois. O Rhodolfo já está parado lá, antes da batida. Não é que o jogador correu e dificultou para o assistente. No meu modo de ver, facilita para o assistente sinalizar o impedimento. Aconteceu, paciência", argumentou.

Sobre o clima no vestiário, Valentim mostrou normalidade após uma derrota e também comentou sobre a utilização de reservas atualmente e na próxima partida, contra o Bangu. "Vestiário de derrota é muito ruim. A gente vem melhorando, hoje resultado positivo nos deixaria muito mais contentes. Em relação ao Bangu, primeiro recuperar jogadores, depois ver a parte física. Preciso contar talvez com quem não vinha jogando. Procuro dar equilíbrio muito grande, seja na fase defensiva e na ofensiva. Hoje não veio o Luiz Fernando, o Luis Ricardo. Completamos com o Marcos Vinícius e o Leandro Carvalho. Falo para os jogadores quase todos os dias, têm que estar prontos", ponderou.

O próximo adversário do Botafogo será o Bangu, terça-feira (6), em casa, às 21:30, pela quarta rodada da Taça Rio.

VAVEL Logo