Recordar é viver: há seis anos, Fluminense ganhava Taça Guanabara diante do Vasco

Nesta quarta-feira (7), Fluminense e Vasco se enfrentam pela Taça Rio, no Estádio Nilton Santos. Dentre os diversos clássicos entre as duas equipes inesquecíveis, há seis anos, no mesmo palco - ainda com o nome de João Havelange -, o Flu foi campeão da Taça Guanabara diante do Vasco, com tarde inspirada de Deco e Fred. E, a VAVEL Brasil relembra a partida.

Foto: Nelson Perez/Fluminense FC

Como foi o jogo?

Após de oito vitórias seguidas no estadual, o Vasco perdeu quando não podia. A atuação confusa do sistema defensivo e a insistência com bolas aéreas no ataque naquela tarde custaram caro ao Cruz-maltino. O Fluminense iniciou a decisão com toques rápidos e bastante movimentação. O Vasco, por sua vez, demorou pra entrar no jogo. O time de Laranjeiras se mostrou traiçoeiro com boas jogadas tramadas pelo trio Thiago Neves, Deco e Wellington Nem. Na frente, Fred levava perigo ao gol defendido por Prass com frequência e o primeiro gol era questão de tempo.

Com muitos erros de arbitragem, a partida se tornou faltosa, e, com isso, acabou perdendo a intensidade. O Vasco melhorou na partida. Aos 33, Alecsandro aproveitou furada bisonha de Anderson na ponta esquerda e rolou para Diego Souza, que entrou na área e chutou com força. Entretanto, quando o Cruz-maltino encontrou seu melhor momento no jogoo ligeiro Wellington Nem entrou na área e foi surpreendido por um carrinho de Fagner. Pênalti. Fred cobrou de maneira impecável. 1 a 0 para a equipe das Laranjeiras.

O Fluminense ampliou aos 42 minutos com um gol inesquecível para os tricolores. Deco observou Fernando Prass adiantado e chutou de longe. O camisa 1 vascaíno tentou voltar, mas era tarde demais, e a bola entrou no canto direito. O segundo gol desnorteou o Vasco. Com muitos erros de passe, a equipe encontrou dificuldades para reação.

A desvantagem obrigou o Vasco a lançar-se ao ataque na etapa final derradeira. O Fluminense, por sua vez, soube administrar e armou um belo contra-ataque aos 11 minutos. A bola foi de pé em pé até Thiago Neves passar para Fred finalizar rasteiro e marcar: 3 a 0.

O Vasco, então, se desorganizou em busca da recuperação. Com Dedé de centroavante, o Flu apenas esperava a oportunidade de encaixar mais um contra ataque. Aos 35 minutos, os tricolores então, não se preocuparam em puxar o coro de "é campeão". A festa poderia ser esfriada com Eduardo Costa, que, aos 38, diminuiu. Mas, não havia mais tempo para recuperação vascaína. O Fluminense era campeão da Taça Guanabara de 2012, um ano que se tornou inesquecível para o torcedor do clube de Laranjeiras, com o título estadual e nacional posteriormente.

VAVEL Logo