Após julgamento, STJD decide não punir Pimpão pela expulsão contra Aparecidense

Jogador não compareceu ao julgamento pois estava acompanhando o nascimento de sua filha

Após julgamento, STJD decide não punir Pimpão pela expulsão contra Aparecidense
Foto: Vítor Silva/ SS Press/ Botafogo

Após julgamento na tarde desta quarta-feira (7) no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), no Rio de Janeiro, o atacante Rodrigo Pimpão, foi absolvido de punição por conta da expulsão ocorrida no jogo contra a Aparecidense na primeira fase da Copa do Brasil.

O lance fora aos 37 minutos da segunda etapa, onde o atacante do Botafogo foi expulso por conta de reclamação ao árbitro Flávio Rodrigues de Souza. No momento, o resultado era 1 a 1 e classificava o Alvinegro para a fase seguinte, porém, dois minutos após o lance, o time goiano desempatou a partida e eliminou o time de General Severiano.

O jogador não compareceu ao julgamento por estar acompanhando o nascimento de sua filha Manuela. O jogador foi o autor do gol da vitória do Botafogo sobre o Bangu pela Taça Rio na noite anterior e comemorou homenageando a nova integrante da família.