Líder isolado, Cruzeiro constrói placar no primeiro tempo e vence URT no Mineirão
Foto: Cristiane Mattos/Light Press

Líder isolado, Cruzeiro constrói placar no primeiro tempo e vence URT no Mineirão

Em noite de estreia de uniforme, homenagem às mulheres e 100 jogos de Dedé, Raposa venceu mais uma no Mineiro

vitor-fernandes
Vítor Fernandes

Na ponta da tabela, com classificação já garantida para as quartas do Mineiro e estreando o novo uniforme, o Cruzeiro fez uma excelente partida e venceu a URT por 3 a 0 nessa quarta (7). Em mais uma noite de ótimo público no Mineirão, com uma carga de entrada gratuita para as torcedoras em homenagem ao Dia Internacional das Mulheres e atrativos na esplanada do estádio pelo lançamento do uniforme, Rafael Sóbis, Thiago Neves e Arrascaeta fizeram o placar celeste.

Com 28 pontos, a Raposa já não tinha a chance de perder a liderança e segue na ponta. Para encerrar sua participação na primeira fase, o Cruzeiro vai visitar a Patrocinense no domingo (11), às 17h. Já a URT ocupa a oitava posição, com 12 pontos, sendo o time que fecha a zona de classificação. Agora, o Trovão Azul vai receber o Boa Esporte no domingo, também às 17h.

Cruzeiro faz placar na etapa inicial e bate URT em casa

Com um primeiro tempo impecável do líder do campeonato, o Cruzeiro desde o início do jogo já tentou o ataque. Logo nos primeiros minutos, levou perigo em um lance de Mancuello, que estava impedido. Em seguida, Arrascaeta foi lançado e saiu frente a frente ao goleiro adversário que tirou com o pé direito. 

Comprovando a superioridade no jogo e no campeonato, não demorou muito para o time celeste abrir o placar no Mineirão, aos 17 minutos. Em cruzamento de Marcelo Hermes pela esquerda, a zaga da URT tentou afastar, mas a bola sobrou para Rafael Sóbis, que pegou um ‘sem-pulo’ e abriu o placar.

Com outras boas trocas de bola, aos 26, foi a vez de Arrascaeta mandar a bola pro fundo do gol. Em uma linda jogada de contra-ataque, com velocidade na saída, Thiago Neves puxou a marcação e a bola sobrou para o uruguaio frente a frente ao goleiro adversário. O camisa 10, então, acertou o canto direito da meta da URT.

Na comemoração, Egídio tomou o terceiro cartão amarelo no banco de reservas por invadir o gramado e está suspenso do próximo jogo. Com o placar de 2 a 0 a seu favor, o Cruzeiro continuou no ataque, oferecendo pouco espaço à URT. Criando algumas chances claras de gol, o time comandado por Mano Menezes voltou a balançar as redes com o Thiago Neves, aos 41 minutos, selando o placar.

Arrascaeta, Thiago Neves e Sobis fizeram os gols celestes (Foto: Cristiane Mattos/Light Press)

Já no segundo tempo, o Cruzeiro voltou com menos volume de jogo, e a URT da mesma forma, sem grandes chances, sem boas jogadas. O Cruzeiro, que em 10 jogos venceu nove, empatou apenas um e sofreu apenas um gol em todo o campeonato, mostrou mais uma vez a força do elenco. Com um time ‘alternativo’, mostrou ser superior e manteve os 3 a 0 no placar.

No jogo, Dedé alcançou a marca de 100 jogos com a camisa celeste, iniciando agora sua sexta temporada no clube. Antes e no intervalo da partida, o Cruzeiro preparou vários atrativos e homenagens às torcedoras cruzeirenses devido ao Dia Internacional da Mulher, comemorado nesta quinta (8). Além disso, teve também a estreia do novo uniforme, que foi anunciado nas redes sociais oficiais do clube no início dessa semana.

VAVEL Logo

Cruzeiro Esporte Clube Notícias

há 11 dias
há 15 dias
há 20 dias
há 23 dias
há 23 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês